Estratégias de inovação no jornalismo: a copa das redes sociais

Autores

  • Egle Müller Spinelli Escola Superior de Propaganda e Marketing Universidade Anhembi Morumbi
  • Isadora Ortiz de Camargo Universidade de São Paulo

Resumo

Este artigo propõe uma perspectiva de análise de um caso de inovação brasileira no jornalismo que aconteceu durante a Copa do Mundo de 2014, quando a empresa de tecnologia IBM desenvolveu um programa de avaliação de menções postadas por usuários nas mídias sociais. Em parceria com as empresas de comunicação Globo (Termômetro Social) e ESPN (Torcida nas Redes), os dados gerados a partir dos sentimentos e opiniões (positivas, neutras e negativas) do público nos posts, serviram para produzir conteúdos informativos que representam uma ruptura em relação à cobertura jornalística tradicional. Para fundamentar este estudo foram elencados conceitos teóricos referentes aos processos de inovação em ecossistemas comunicacionais, os quais demonstram o uso da tecnologia como agente de disrupções estabelecidas por estratégias digitais, que permitem reinventar soluções criativas agregadoras de novos desafios e valores às gestões das empresas de mídias. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Egle Müller Spinelli, Escola Superior de Propaganda e Marketing Universidade Anhembi Morumbi

Doutora em Comunicação e Estética do Audiovisual pela Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo (USP) e mestre em Multimeios (UNICAMP). Professora do curso de jornalismo da Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM) e da Universidade Anhembi Morumbi (UAM).

Isadora Ortiz de Camargo, Universidade de São Paulo

Jornalista e mestre pelo Programa de Pós-Graduação  em Ciências da Comunicação da Universidade de São Paulo (USP), onde desenvolve pesquisa sobre jornalismo digital e mobilidade.

Publicado

2015-12-11

Como Citar

Spinelli, E. M., & Camargo, I. O. de. (2015). Estratégias de inovação no jornalismo: a copa das redes sociais. Tríade: Revista De Comunicação, Cultura E Mídia, 3(6). Recuperado de http://periodicos.uniso.br/ojs/index.php/triade/article/view/2301

Edição

Seção

ARTIGOS - Outras Perspectivas