O potencial de sentidos de representações visuais de cavalos domésticos no jornal O Estado de S. Paulo

Autores

  • Maria Ogécia Drigo Universidade de Sorocaba
  • Cláudia Sophia Leschonski Universidade de Sorocaba

DOI:

https://doi.org/10.22484/2318-5694.2019v7n16p54-74

Resumo

Este artigo apresenta resultados de pesquisa que tem como tema o potencial de significados postos em circulação no bios midiático por representações visuais de cavalos domésticas. Com os objetivos de explicitar o potencial de significados gerados por representações visuais desses animais e avaliar se eles podem levar os intérpretes à ressignificação de suas crenças sobre cavalos a ponto de se sensibilizarem com o bem-estar dos mesmos, tratamos do conceito de bios midiático, conforme Sodré (2006) e dos problemas advindos da noção de representação, para a comunicação, conforme Sfez (2007), bem como selecionamos uma representação visual – que será analisada na perspectiva da semiótica peirceana –, da amostra composta por representações visuais veiculadas no jornal O Estado de S. Paulo, do ano de 2016, que foram classificadas em cinco categorias: Cotidianidade, Produtos midiáticos, Publicidade, Olimpíadas Rio2016 e Turismo. Tais reflexões são pertinentes à comunicação por enfatizarem a importância da interpretação de representações visuais e assim contribuir para a construção de novos olhares para os processos de produção nas mídias, em geral, notadamente os que envolvem tais representações.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Ogécia Drigo, Universidade de Sorocaba

Docente do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Cultura da Uniso.

Doutora em Comunicação e Semiótica pela PUC/SP

Cláudia Sophia Leschonski, Universidade de Sorocaba

Mestra em Comunicação e Cultura pelo PPG em Comunicação e Cultura da Universidade de Sorocaba. Docente na Universidade de Sorocaba.

Publicado

2019-12-20

Como Citar

Drigo, M. O., & Leschonski, C. S. (2019). O potencial de sentidos de representações visuais de cavalos domésticos no jornal O Estado de S. Paulo. Tríade: Comunicação, Cultura E Mídia, 7(16). https://doi.org/10.22484/2318-5694.2019v7n16p54-74