O estatuto ontológico da imagem sofista de Platão

Autores

  • James Bastos Arêas

Resumo

A análise da mimesis, no Sofista de Platão, nos conduz, como em um círculo, da linguagem à imagem, da “linguagemimagem” à imitação; da possibilidade da imitação à afirmação do “ser” do não-ser e à realidade do falso. O exame do estatuto ontológico da imagem requer, portanto, a análise desses três principais problemas que a imitação pressupõe. A imagem traz consigo, por sua índole, um turbilhão de questões; desdobra, em sua  fulguração, intermináveis impasses.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2013-12-20

Como Citar

ARÊAS, J. B. O estatuto ontológico da imagem sofista de Platão. Tríade: Comunicação, Cultura e Mídia, Sorocaba, SP, v. 1, n. 2, 2013. Disponível em: https://periodicos.uniso.br/triade/article/view/1768. Acesso em: 28 set. 2022.

Edição

Seção

ARTIGOS - Outras Perspectivas