A brasilidade no jornalismo de revista nacional: o início e o fim da Copa do Mundo de 2014 a partir dos implícitos no discurso de “Veja”

Autores

  • José Carlos Marques Universidade Estadual Paulista (Unesp)
  • Gabriel de Lima Alvez Cortez Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

O presente artigo busca compreender de que maneira o jornalismo de revista nacional contribui para a construção (e a reafirmação) de determinados discursos acerca de uma noção de identidade nacional brasileira. Analisaremos os textos jornalísticos publicados na revista Veja – a revista semanal de maior circulação do país – durante e após a Copa do Mundo de Futebol de 2014. Partiremos de uma concepção intercultural de sociedade (segundo a qual as relações sociais se desenvolvem como processos de negociação de conflitos culturais entre os grupos sociais) e nos basearemos no conceito de “Implícitos”, elaborado por Oswald Ducrot e, portanto, proveniente da Análise do Discurso (AD) Francesa. Deste modo, pretende-se verificar como os discursos de Veja retrataram o Brasil e os “brasileiros” em algumas reportagens sobre a Copa do Mundo de Futebol de 2014 e como, neste discurso, compareceram as noções de brasilidade – bem como uma ideia positivista de uma suposta inferioridade cultural brasileira em relação a países e “culturas” tidos como de “Primeiro Mundo”.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José Carlos Marques, Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Doutor em Ciências da Comunicação pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (USP). Docente do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação da Universidade Estadual Paulista (Unesp/Bauru).

Gabriel de Lima Alvez Cortez, Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Pós-graduando em Comunicação pelo Programa de Pós-graduação em Comunicação da Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação da Universidade Estadual Paulista (Unesp/Bauru)

Downloads

Publicado

2016-06-15

Como Citar

Marques, J. C., & Cortez, G. de L. A. (2016). A brasilidade no jornalismo de revista nacional: o início e o fim da Copa do Mundo de 2014 a partir dos implícitos no discurso de “Veja”. Tríade: Comunicação, Cultura E Mídia, 4(7). Recuperado de https://periodicos.uniso.br/triade/article/view/2471