O perfil do torcedor organizado e a política brasileira para o futebol espetáculo

Autores

  • Heloisa Helena Baldy dos Reis

Resumo

Este artigo apresenta resultados das pesquisas realizadas entre os anos de 1995 e 2015, com ênfase nas pesquisas com os torcedores organizados que são grupos majoritariamente masculinos e juvenis que se associam a uma torcida organizada, normalmente constituída como entidade jurídica sem fins lucrativos.Considerando como Alabarces et al (2013) que é necessário conhecer para intervir, a partir de 2005, realizei pesquisas quantitativas e qualitativas com a finalidade de traçar um perfil dos torcedores organizados de São Paulo, já que anteriormente as pesquisas haviam observado e produzido dados de torcedores e espectadores de futebol de um modo geral. Simultaneamente vinha realizando outras pesquisas desde 1999 com a finalidade de propor uma política pública de prevenção da violência no Brasil. Mais recentemente eu pude realizar pesquisas com Lopes (2015; s/d) que possibilitou fazer uma análise crítica da política pública brasileira em construção no Ministério do Esporte. Concluímos sobre esta que houve um esforço no trabalho de prevenção e de contenção da violência nos estádios brasileiros, no entanto de forma muito lenta e descontinuada e sobre o perfil do torcedor organizado que são escolarizados, membros de famílias e fiéis torcedores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-06-15

Como Citar

REIS, H. H. B. dos. O perfil do torcedor organizado e a política brasileira para o futebol espetáculo. Tríade: Comunicação, Cultura e Mídia, Sorocaba, SP, v. 4, n. 7, 2016. Disponível em: https://periodicos.uniso.br/triade/article/view/2526. Acesso em: 28 set. 2022.