Cinema e educação

estudos de uma relação “não tão óbvia assim”

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22484/2318-5694.2021v9n20p51-71

Resumo

Esse artigo pretende problematizar as possibilidades e potencialidades da relação “não tão óbvia” entre cinema e educação. Para isso, aborda em sua análise conceitos referentes as transformações culturais da sociedade contemporânea em decorrência do surgimento e proliferação dos meios de comunicação, e, consequentemente, as mudanças na forma como as infâncias são constituídas nesse cenário. Tendo como referência as experiências vivenciadas em uma escola de aplicação da Universidade Federal do Rio Grande do Norte/RN/Brasil, a partir da criação de um cineclube escolar, ilustramos, ao longo do artigo, alguns conceitos envolvendo essa relação, buscando superar a visão reducionista do cinema na escola enquanto passatempo ou como recurso didático. Finalizamos o artigo refletindo sobre as obviedades do nosso tempo e das necessidades educativas diante uma sociedade imersa em experiências perpassadas pelas mídias, e que atingem todas as dimensões do nosso cotidiano.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Milene dos Santos Figueiredo, Universidade do Minho

Pedagoga e Mestre em Educação pela Universidade Federal de
Santa Maria/RS/Brasil. É professora do Núcleo de Educação da Infância/Colégio de Aplicação
da UFRN/RN/Brasil, onde coordena o projeto de extensão “Práticas cineclubistas na escola da
infância”. Atualmente é doutoranda em Ciências da Comunicação pela Universidade do
Minho/Braga/Portugal, sob orientação da Professora Drª Sara Pereira. Realiza pesquisas em
torno das temáticas da mídia-educação, cinema e infâncias.

Sandro da Silva Cordeiro, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Graduado em Pedagogia pela UFRN. Mestre e Doutor em Educação pela
UFRN. É professor do Núcleo de Educação da Infância, Colégio de Aplicação
da UFRN. Atualmente faz estágio pós-doutoral na UFSC. Coordena projetos de
extensão universitária envolvendo a área de mídia-educação. Realiza estudos
e pesquisas dentro do eixo: mídia-educação, infâncias, prática pedagógica e
formação de professores.

Referências

ALVES, G.; MACEDO, F. (Org.). Cineclube, cinema e educação. Londrina: Praxis; Bauru: Canal 6, 2010.

BERGALA, A. A hipótese-cinema. Rio de Janeiro: Booklink – CINEAD-LISE-FE/UFRJ, 2008.

BÉVORT, E.; BELLONI, M. L. Mídia-educação: conceitos, história e perspectivas. Educação & Sociedade, Campinas, v. 30, n. 109, p. 1081-1102, set./dez. 2009. Disponível em: https://www.cedes.unicamp.br/publicacoes/edicao/81. Acesso em: 06 jan. 2021.

BUCKINGHAM, D. Cultura digital, educação midiática e o lugar da escolarização. Educação & Realidade, Porto Alegre, v. 35, n. 3, p. 37-58, 2010. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/educacaoerealidade/article/view/13077. Acesso em: 20 nov. 2020.

BUTCHER, I. 89% das crianças e dos adolescentes brasileiros são usuários de Internet. [S.I.]: Teletima, TIC Kids Online Brasil, 23 jun. 2020. Disponível em: https://teletime.com.br/23/06/2020/89-das-criancas-e-dos-adolescentes-brasileiros-sao-usuarios-de-internet/.

DINIS, N. F. Educação, cinema e alteridade. Educar em revista, Curitiba, n. 26, p. 67-79, 2005. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40602005000200006&lng=pt&tlng=pt. Acesso em: 23 fev. 2021.

DORNELLES, L. V. Infâncias que nos escapam: da criança de rua à criança cyber. Petrópolis: Vozes, 2005.

DUARTE, R. Cinema e Educação. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2009.

FANTIN, M. Audiovisual na escola: abordagens e possibilidades. In: BARBOSA, M. C. S.; SANTOS, M. A. (Coord.). Escritos de Alfabetização Audiovisual. Porto Alegre: Libretos, 2014. p. 45-67.

FRANCO, M. A educação e o cinema que corre nas veias. In: BARBOSA, M. C. S.; SANTOS, M. A. (Coord.). Escritos de Alfabetização Audiovisual. Porto Alegre: Libretos, 2014. p. 86-97.

FRESQUET, A. Cinema e educação: reflexões e experiências com professores e estudantes de educação básica, dentro e “fora” da escola. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2017.

HALL, S. A centralidade da cultura: notas sobre a revolução cultural do nosso tempo. Educação & Realidade, Porto Alegre, v. 22, n. 2, p. 15-46, 1997. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/educacaoerealidade/article/view/71361. Acesso em: 26 nov. 2020.

LEITE, C. D. P.; CHRISTOFOLETTI, R. Pra que cinema? O que pode o cinema na educação e a educação no cinema? Fronteiras de encontros. In: FRESQUET, A. (Coord.). Cinema e educação: a lei 13.006. Reflexões, perspectivas e propostas. Belo Horizonte: Universo Produção, 2015.

MAFFESOLI, M.; MARTINS, M. L. Ciberculturas. Revista de Comunicação e Linguagens, Braga, n. 42, p. 41-52, 2012. Disponível em: http://hdl.handle.net/1822/23794. Acesso em: 10 jan. 2021.

McQUAIL, D. Mass Comunication Theory. London: Sage, 2010.

MIGLIORIN, C.; PIPANO, I. Cinema de brincar. Belo Horizonte: Relicário, 2019.

MOANA: um mar de aventuras. Direção de John Musker e Ron Clements. Estados Unidos da América: Disney/Buena Vista, 2016, DVD.

MOMO, M. Mídia e consumo na produção de uma infância pós-moderna que vai à escola. 2007. 366 f. Tese (Doutorado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2007.

PEREIRA, S. [et al.]. Referencial de Educação para os Media. Lisboa: Ministério da Educação e Ciência, 2014.

PINTO, M. O trabalho em rede na definição de uma política de literacia mediática. In: ELEÁ, I. (Ed.), Agentes e Vozes um panorama da mídia-educação no Brasil, Portugal e Espanha. Gothenburg: University of Gothenburg, The International Clearinghouse on Children, Youth and Media (e-book), 2014. p. 157-164. Disponível em: https://www.nordicom.gu.se/sites/default/files/publikationer-hela-pdf/yearbook_2014.pdf. Acesso em: 11 jan. 2021.

PINTO, M. [et al.]. Educação para os Media em Portugal: experiências, actores e contextos. Braga: Universidade do Minho, Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade, 2011.

RANCIÈRE, J. O mestre ignorante - cinco lições sobre a emancipação intelectual. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2017.

Downloads

Publicado

2021-05-03

Como Citar

dos Santos Figueiredo, M., Pereira, S., & da Silva Cordeiro, S. (2021). Cinema e educação: estudos de uma relação “não tão óbvia assim”. Tríade: Comunicação, Cultura E Mídia, 9(20), 51–71. https://doi.org/10.22484/2318-5694.2021v9n20p51-71