A produção da jornalista literária Dorrit Harazim em coberturas de guerra

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22484/2318-5694.2023v11id5209

Palavras-chave:

jornalismo literário, cobertura de guerra, Harazim, Dorrit

Resumo

Este trabalho apresenta os resultados de uma pesquisa em nível de mestrado cujo objetivo é contribuir para a compreensão do jornalismo literário produzido por Dorrit Harazim na cobertura de guerras e conflitos no Vietnã, no Chile, na Cisjordânia e em Nova York. A base teórica apoia-se nos conceitos de jornalismo literário (BAK, 2011, 2017; LIMA, 2009, 2014; MARTINEZ, 2016) e cobertura de guerra e conflitos (KNIGHTLEY, 1978; SCHELP, 2016), além de reportagens, relatos pessoais e biografias de correspondentes. Então, partindo da análise de conteúdo (BARDIN, 2011), buscamos nos textos de Harazim as três características de jornalismo literário apresentadas por Martinez (2016): apuração; digestão e compreensão do material apurado; e redação em estilo literário. Os resultados indicam que Harazim produziu reportagens com todos esses elementos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Monica Martinez, Universidade de Sorocaba

Doutora em Ciências da Comunicação pela ECA-USP, com pós-doutorado pela UMESP e estágio pós-doutoral pela Universidade do Texas.

Bruna Emy Camargo, Universidade de Sorocaba

Mestre pelo Programa de Pós-graduação em Comunicação e Cultura da Uniso. Graduada em Jornalismo. Atua como repórter na Agência Estado. 

Downloads

Publicado

27-12-2023

Como Citar

MARTINEZ, Monica; EMY CAMARGO, Bruna. A produção da jornalista literária Dorrit Harazim em coberturas de guerra. Tríade: Comunicação, Cultura e Mídia, Sorocaba, SP, v. 11, n. 24, p. e023017, 2023. DOI: 10.22484/2318-5694.2023v11id5209. Disponível em: https://periodicos.uniso.br/triade/article/view/5209. Acesso em: 23 fev. 2024.

Edição

Seção

ARTIGOS