A função social do jornalismo, hegemonia e crise

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22484/2318-5694.2023v11id5312

Palavras-chave:

jornalismo, hegemonia, crise

Resumo

Este trabalho aborda o debate relacionado aos valores que definem a prática do jornalismo e de que forma essa atuação se relaciona com interesse público tendo como principal fundamentação as análises e discussões travadas a partir dos estudos e contribuições de Adelmo Genro Filho. O objetivo é apontar como a mídia se comporta enquanto mediadora dos interesses sociais, sendo ela um dos dispositivos responsáveis pela reprodução da ordem capitalista. O embasamento vai contribuir com a discussão em torno da crise do jornalismo e ressaltar quais alternativas estão sendo apontadas para mostrar o papel social do jornalismo na produção de sentidos enquanto agente transformador por meio do conhecimento produzido e, sobretudo, levantar questões relacionadas aos mecanismos adotados para manter relevância, credibilidade e importância no âmbito social.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Isaac de Sousa Ribeiro, Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes)

Formado em Jornalismo, mestrando em Comunicação pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES). Repórter multiplataformas com passagens nos jornais impressos A Tribuna, A Gazeta e Notícia Agora; repórter do site A Gazeta, noticiarista e repórter da Rádio CBN Vitória. Atualmente, repórter da TV Gazeta Norte, em Linhares. Experiência com assessoria de imprensa governamental e de campanha eleitoral.

   

Rafael Bellan Rodrigues de Souza, Universidade Federal do Espírito Santo (UFES)

Professor adjunto do curso de Comunicação Social/Jornalismo, docente permanente do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Territorialidades e docente colaborador do Programa de Pós-Graduação em Política Social da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes). Atualmente é Diretor Científico da Associação Brasileira de Pesquisadores em Jornalismo (SBPJOR, 2021-2023) em segundo mandato. Com pós-doutorado pela Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo (USP), possui doutorado em Ciências Sociais pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp), mestrado em Comunicação Midiática pela Unesp (2006) e graduação em Comunicação Social - Jornalismo também pela Unesp (2003). É pesquisador do Observatório da Mídia (Ufes), do Grupo de Pesquisa Trabalho e Práxis (Ufes) e do Centro de Pesquisa em Comunicação e Trabalho (ECA-USP). Tem experiência nas áreas de Comunicação, Jornalismo e Sociologia, atuando principalmente nos seguintes temas: teoria e ética do jornalismo, mídia, trabalho, comunicação alternativa, ideologia, produção de sentido, marxismo e movimentos sociais. (Texto informado pelo autor)

Downloads

Publicado

28-12-2023

Como Citar

DE SOUSA RIBEIRO, Isaac; BELLAN RODRIGUES DE SOUZA, Rafael. A função social do jornalismo, hegemonia e crise. Tríade: Comunicação, Cultura e Mídia, Sorocaba, SP, v. 11, n. 24, p. e023024, 2023. DOI: 10.22484/2318-5694.2023v11id5312. Disponível em: https://periodicos.uniso.br/triade/article/view/5312. Acesso em: 23 fev. 2024.

Edição

Seção

ARTIGOS