Grafitecidade como Plataforma Produtora de Imagens na Cartografia Urbana

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22484/2177-5788.2019v45n2p331-357

Resumo

Grafitecidade é um espaço de ação em que agentes transgressores se apropriam esteticamente da cidade e a transformam em uma plataforma de imagens. A proposta deste ensaio é uma reflexão sobre a paisagem urbana como uma narrativa através da ação dos grafiteiros, agentes contemporâneos de comunicação e de apropriação do espaço urbano. Um território de metáforas em movimento que em seu caráter efêmero reúne pontos de tensões dialéticas. Uma paisagem ritmada pela interação do observador em movimento que produz olhares nos interstícios urbanos, já que o corpo do observador também está ali e deseja interagir. O caminhante pode perceber fragmentos das várias cidades contidas na cidade, em que os grafiteiros impõem uma comunicação que transita entre a agressividade e a passividade do observador, ao mesmo tempo em que busca criar um território de diálogo hibrido onde confluem as tensões, o pertencimento, a identidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José Geraldo Oliveira, UNIP/ Casper Líbero

Doutor em Ciência da Comunicação na Universitat Autònoma de Barcelona sob a orientação do Prof. Josep Maria Català Domenech. Mestre em Comunicação na Contemporaneidade pela Faculdade Cásper Líbero com a pesquisa Grafitecidade e Visão Travelar: Comunicação Visual, Rebeldia e Transgressão (2012).Graduado em Publicidade e Propaganda pela Universidade de Santo Amaro (2009). Tem experiência na área de Comunicação e jornalismo, com ênfase em produção audiovisual, atuando nas seguintes áreas: direção, roteiro e produção de documentários na área de educação. Professor de Teorias da Comunicação, Cultura, Comunicação e Mídia e Edição de Áudio e Vídeo Digital na FIAM/FAAM e FMU. (2013-2017). Professor da UNIP (Universidade Paulista) no curso de tecnologia em Jogos eletrônicos.

Publicado

2019-12-12

Como Citar

OLIVEIRA, J. G. Grafitecidade como Plataforma Produtora de Imagens na Cartografia Urbana. Revista de Estudos Universitários - REU, v. 45, n. 2, 12 dez. 2019.