A Digitalização do Corpo

o corpo e a mente, a construção da imagem e a digitalização na busca de perpetuar o efêmero

Palavras-chave: Corpo e mente, Comunicação na era digital, Construção da imagem, Corpo como mercadoria, Espetacularização da vida

Resumo

A aparente separação entre corpo e mente é abordada desde a antiguidade no pensamento ocidental. Este artigo tem a proposta de acompanhar esses movimentos e as tentativas de perpetuar o efêmero, que se agudizou na contemporaneidade. O corpo é mensagem e mercadoria, ele fala por meio de nossos gestos e expressões. Nessa caminhada levamos como guias Sigmund Freud, Beatriz Sarlo e Umberto Eco. Com esse referencial analisamos três camadas da possibilidade de digitalização, tendo como objeto de estudo o filme O congresso futurista (Ari Folman, 2013) e os seriados Black Mirror (o episódio Nosedive, da terceira temporada, dirigido por Joe Wright) e Years and Years (2019), dirigido por Russel T. Davis, numa produção da BBC em parceria com a HBO.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BLACK Mirror. Nosedive. Direção: Joe Wright. Produção: Charlie Brooker. Reino Unido, 2016 (63 min.), son. color. Netflix. temp. 3, cap. 1.

CAÑO, Juan. Revistas, una historia de amor y un decálogo. Madrid: Editorial Eresma & Celeste, 1999.

COELHO, Claudio Novaes Pinto. Comunicação e sociedade do espetáculo. São Paulo: Paulus, 2006.

DEBORD, Guy. A sociedade do espetáculo. Rio de Janeiro: Contraponto, 1997.

ECO, Umberto. História da beleza. Rio de Janeiro: Record, 2004.

ECO, Umberto. História da feiura. Rio de Janeiro: Record, 2007.

EVA PERÓN, la verdadera historia. Dirigido por Juan Carlos Desanzo. Argentina: 1996. (120 min). Filme cinematográfico.

FREUD, Sigmund. Cinco lições de psicanálise e o mal-estar na civilização. São Paulo: Abril Cultural, 1978.

HAN, Byung-Chul. Sociedade do cansaço. Petrópolis: Vozes, 2017.

MAROUM, Kalyla; VIEIRA, Valdo. Corpo, uma mercadoria na pós-modernidade. Psicologia em Revista, Belo Horizonte, v. 14, n. 2, p. 171-186, dez. 2018. Disponível em http://pepsic.bvsalud.org/pdf/per/v14n2/v14n2a11.pdf. Acesso em: 2 jul. 2019.

O CONGRESSO futurista. Dirigido por Ari Folman. Israel, Alemanha, Polônia, Luxemburgo, França, Bélgica: 2013. (2h 03 min). Filme cinematográfico.

OLIVEIRA, José G. Arqueología de la Interfaz: ensayo, memoria y imagen. 2019. 487 f. Tese. (Doutorado em Comunicación Audiovisual) - Universitat Autónoma de Barcelona, Barcelona, 2019.

SARLO, Beatriz. La pasión y la excepción. Buenos Aires: Siglo XXI Editores, 2003.

SEARLE, John R. The mystery of consciousness. New York: The New York Review of Books, 1997.

YEARS and years. Direção: Russel T. Davis. Reino Unido: BBC e HBO, 2019. (60 minutos cada episódio).

Publicado
2019-12-12
Como Citar
COSTA, C. R. DA; PACHECO, K. A Digitalização do Corpo: o corpo e a mente, a construção da imagem e a digitalização na busca de perpetuar o efêmero. Revista de Estudos Universitários - REU, v. 45, n. 2, p. 445-461, 12 dez. 2019.