Entre clérgimas e jornais

o Pe. Celso Ibson Sylos como intelectual orgânico de Ribeirão Preto

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22484/2177-5788.2021v47n1p11-31

Palavras-chave:

Intelectual orgânico, Sylos, Celso Ibson (1928 – 1998), Diário de Notícias - Ribeirão Preto

Resumo

O presente artigo irá analisar a figura do Pe. Celso Ibson Sylos, um religioso conhecido na cidade de Ribeirão Preto, interior do Estado de São Paulo, que atuou como diretor do jornal “Diário de Notícias”, em meados dos anos de 1960. A intenção é explorar a figura do religioso enquanto intelectual orgânico, a partir da leitura de alguns editoriais publicados entre os anos de 1963 e 1964. Importante ressaltar que o "Diário de Notícias" foi o terceiro maior jornal de circulação em Ribeirão Preto, sendo propriedade da Arquidiocese da cidade. Além disso, Pe. Celso também era líder do movimento “Frente Agrária”, que propunha a emancipação dos trabalhadores rurais, através da sindicalização e educação pelo método Paulo Freire.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Nayara Kobori, Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho"

Doutoranda em Comunicação pela Faculdade de Arquitetura, Artes, Comunicação e Design (FAAC), da Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquista Filho" (UNESP), campus Bauru. Mestre em Comunicação e bacharela em Jornalismo pela mesma instituição. Especialista em Educomunicação pela Unyleya. Realiza pesquisas na área de Jornalismo, História da Comunicação, Imprensa do Interior, Ditadura Militar e temas relacionados a violência de gênero

Maximiliano Martin Vicente, Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho"

Graduação em História pela Universidade do Sagrado Coração (1982), mestrado em História pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1987) e doutorado em História Social pela Universidade de São Paulo (1996). Livre-docente em História do Brasil em 2008. Atualmente é professor da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, no campus de Bauru. Tem experiência no ensino nos cursos de Comunicação Social, na área de História do Brasil e Realidade Socioeconômica e Política Brasileira Contemporânea. Atua no programa de Pós-Graduação em Comunicação Midiática da UNESP onde orienta pesquisas na área de processos Midiáticos e Práticas Socioculturais e leciona a disciplina Comunicação e História na Nova Ordem Internacional. Desenvolve pesquisas relacionadas a comunicação alternativa e contra hegemônica.

Referências

ARAÚJO, Luís Carlos E. de e GERALDO, Sebastião. Memória do Jornalismo Im-presso de Ribeirão Preto – O início da profissionalização das redações (1965-82). In: SIMPÓSIO DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO NA REGIÃO SUDES-TE/INTERCOM, 9., 2006, Ribeirão Preto. Anais [...]. Ribeirão Preto: Intercom, 2006.

BARBOSA, Marialva Carlos e RIBEIRO, Ana Paula Goulart. “Combates” por uma história da mídia e do jornalismo no Brasil. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO/INTERCOM, 33, 2009, Curitiba. Anais [...]. Curi-tiba: Intercom, 2009.

BOURDIEU, Pierre. Algumas propriedades dos campos. In: BOURDIEU, Pierre. Questões de sociologia. Rio de Janeiro: Marco Zero, 1983. p. 119 – 126.

CARNEIRO JÚNIOR, Milton. Sociedade e política em Ribeirão Preto: estra-tégias de dominação (1960-1964). 2002. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós–Graduação em História, UNESP, Franca, 2002.

CONTRATOS escritos. Diário de Notícias, Ribeirão Preto, 05 mar. 1963. Colu-na Nosso Comentário, p. 4.

CORREIA, Pe. Francisco Assis. A história da Arquidiocese de Ribeirão Preto (1908-2008). Ribeirão Preto: Grafcolor, 2008.

COUTINHO, Carlos Nelson. Cultura e sociedade no Brasil: ensaios sobre ideias e formas. São Paulo: Expressão Popular, 2011.

DEZEMONE, Marcus. A questão agrária, o governo Goulart e o golpe de 1964 meio século depois. Revista Brasileira de História, São Paulo, v. 36, n. 71, 2016. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-01882016000100131. Acesso em: 13 abr. 2021.

FRANÇA, Jorge Luiz de. Mulheres, imprensa e sociedade em Ribeirão Pre-to (1930-1940). 2013. Dissertação (Mestrado) - Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2013.

FRENTE Agrária. Diário de Notícias, Ribeirão Preto, 2 ago.1962. Coluna Nosso Comentário, p. 2.

GRAMSCI, Antonio. Cadernos do cárcere. Torino: Einaudi, 1978.

GRAMSCI, Antonio. Os intelectuais e a organização da cultura. São Paulo: Círculo do Livro, 1988.

HIME, Gisely Valentim Coelho. Apontamentos da história da imprensa em São Paulo. In: LOPES, Dirceu Fernandez; COLEHO SOBRINHO, José; PROENÇA, Jo-sé Luiz (orgs.). A evolução do jornalismo em São Paulo. 2. ed. São Paulo: Edicon- ECA/USP, 1998.

LEVANTE de camponeses. Diário de Notícias, 6 fev. 1963. Coluna Nosso Co-mentário, p. 2.

LOPES, Fernanda Lima. Significados da imagem de intelectual para a constru-ção da identidade do jornalista. Revista da Associação Nacional dos Pro-gramas de Pós-Graduação em Comunicação - E-compós, Brasília, v. 12, n. 3, set./dez. 2009.

LUTA pela paz. Diário de Notícias, Ribeirão Preto, 1 maio 1964. Coluna Nosso Comentário, p. 2.

O ESTADÃO e a verdade (II). Diário de Notícias, Ribeirão Preto, 1 fev. 1964. Coluna Nosso Comentário, p. 2.

PÁDUA, Aline Ferreira. “A Notícia”: um retrato do jornalismo rio-pretense nos anos de 1950. 2016. Dissertação (Mestrado) - Programa de Pós-Graduação em Comunicação Midiática, Universidade Estadual Paulista, Bauru, 2016.

PINHEIRO, Ana Paula A.; TOMICIOLI, Anna Regina Bula. O preço da luta: a Igreja Católica como ponto de partida. 2000. (Trabalho de Conclusão de Curso - Comunicação Social – Jornalismo) - UNESP, Bauru, 2000.

PORTAL MOURA LACERDA. Biografia – Dr. Oscar de Moura Lacerda. Disponível em: https://blog.portalmouralacerda.com.br/biografia-dr-oscar-de-moura-lacerda/. Acesso em: 13 abr. 2021.

PROBLEMAS do campo. Diário de Notícias, Ribeirão Preto, 10 jul. 1962. Colu-na Nosso Comentário, p. 6.

RESENDE, Lino Geraldo. Intelectuais orgânicos e contra-hegemonia. Revista Ágora, Vitória, n. 4, p. 1-17, 2006.

RIBEIRO, Ana Paula Goulart. Imprensa e história no Rio de Janeiro dos anos 1950. Rio de Janeiro: E-papers, 2007.

RICOEUR, Paul. Tempo e narrativa I. Campinas: Papirus 1994.

ROCHA, Paula Melani; ZAUITH, Gabriela. A história da consolidação da imprensa do interior no contexto da Belle Époque Paulista. Revista Interin, Curitiba, v. 11, n. 1, jan./jul. 2011.

SEMERARO, Giovanni. Intelectuais “orgânicos” em tempos de pós-modernidade. Cadernos Cedes, Campinas, v. 26, n. 70, p. 373-391, set./dez. 2006.

SOUZA, Pe. N. Ação Católica, militância leiga no Brasil: méritos e limites. Revis-ta de Cultura Teológica, São Paulo, v. 14, n. 55, 2006. Disponível em: https://revistas.pucsp.br/culturateo/article/viewFile/15033/11226. Acesso em: 13 abr. 2021.

TOLEDO, Caio Navarro de. O governo Goulart e o golpe de 64. São Paulo: Brasiliense, 1982.

UMA grande campanha. Diário de Notícias, Ribeirão Preto, 23 jan. 1963. Co-luna Nosso Comentário, p. 2.

VICENTE, Maximiliano Martin. História e comunicação na ordem internaci-onal. São Paulo: Cultura Acadêmica, 2009.

Downloads

Publicado

2021-08-04

Como Citar

KOBORI, N.; VICENTE, M. M. Entre clérgimas e jornais: o Pe. Celso Ibson Sylos como intelectual orgânico de Ribeirão Preto. Revista de Estudos Universitários - REU, [S. l.], v. 47, n. 1, p. 11–31, 2021. DOI: 10.22484/2177-5788.2021v47n1p11-31. Disponível em: http://periodicos.uniso.br/ojs/index.php/reu/article/view/4667. Acesso em: 4 dez. 2021.