A transversalidade do discurso feminista em Anne With An E

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22484/2177-5788.2021v47n2p419-435

Palavras-chave:

Análise de discurso, Feminismo, Audiovisual

Resumo

Neste artigo, abordamos a questão feminista na série Anne With An E (2017) a partir da Análise de Discurso do artigo de jornal O que é justo? atribuído à personagem Anne Shirley. O objetivo é identificar quais as formações ideológicas que resultaram no processo discursivo de Anne e indicar os efeitos de sentido produzidos no discurso.  Para atingir tal objetivo, nos baseamos nas teorias de Eni Orlandi para os procedimentos de Análise de Discurso para tecer as relações com o movimento feminista. O artigo visa contribuir nos estudos de Análise de Discurso entrelaçado à comunicação, ao refletir sobre as mudanças do papel da mulher na sociedade, a partir de formações discursivas e ideológicas desenvolvidas e veiculadas em um produto midiático.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luciana Souza, Universidade de Sorocaba

Professora no Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Cultura da Universidade de Sorocaba. 

Guilherme Carrozza, Universidade Estadual de Campinas

Doutor em Linguística pela Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP. 

Referências

ANGELIN, Rosângela. Estratégias para a autonomia das mulheres desde os mo-vimentos feministas. Coisas do Gênero: Revista de Estudos Feministas em Teologia e Religião, São Leopoldo, v. 5, n. 1. p. 20-34, jan./jun. 2019.

ANNE With an E. (série). Direção: Paul Fox. Produção: Moira Walley-Beckett. Canadá: CBC, 2017. Netflix (44 min.), son., color. Disponível em: https://www.netflix.com.br. Acesso em: 20 jun. 2021.

CASTORIADES, Cornelius. A instituição imaginária da sociedade. 6. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1982.

ESFORÇO pelo bem (Temporada 3, ep. 7). Anne With An E (série). Direção: Paul Fox. Produção: Moira Walley-Beckett. Canadá: CBC, 2017. Netflix (44 min.), son., color.

FARIA, Nalu et al. Feminismo e autonomia das mulheres: caminhos para o enfrentamento à violência. São Paulo: Sempreviva Organização Feminista, 2018.

GARCIA, Carla Cristina. Breve história do feminismo. São Paulo: Claridade, 2011.

MEDEIROS, Laís Virginia Alves. Nossos corpos nos pertencem: o sujeito de di-reito no discurso feminista. Entremeios, Pouso Alegre, v. 18, p. 163-172, jan./jun. 2019.

MOREIRA, José Carlos; VENTURINI, Maria Cleci. A Leitura na Perspectiva Dis-cursiva: o político e a política em charges. Entremeios, Pouso Alegre, v. 22, p. 70-86, jul./dez., 2020.

O QUE eu mais quero (Temporada 3, ep. 6). Anne With An E (série). Direção: Norma Bailey. Produção: Moira Walley-Beckett. Canadá: CBC, 2019. Netflix (44 min.), son., color.

ORLANDI, Eni P. Análise de discurso: princípios e procedimentos. Campinas: Pontes, 2005.

ORLANDI, Eni P. Discurso, imaginário social e conhecimento. Revista em Aberto, Brasília, v. 14, n. 61, p. 52-59, jan./mar., 1994.

ORLANDI, Eni P.; LAGAZZI, Suzy. Discurso e textualidade. Campinas: Pon-tes, 2006.

PÊCHEUX, Michel. Ouverture du coloque. In: CONEIN, Bernard; COURTINE, Je-an Jacques; GADET, Françoise; MARANDIN, Eduard W.; PÊCHEUX, Michel (org.). Colloque “Matérialités discursives”. Lille: Presses universitaires de Lille, 1981. p. 6-10.

PÊCHEUX, Michel. Semântica e discurso: uma crítica à afirmação do óbvio. Trad. Eni Orlandi et al. 3. ed. Campinas: Editora da Unicamp, 1997.

PETRI, Verli. O funcionamento do movimento pendular próprio às análises dis-cursivas na construção do "Dispositivo experimental" da Análise de Discurso. In: PETRI, Verli; DIAS, Cristiane Pereira (org.). Análise do discurso em perspectiva: teoria, método e análise. Santa Maria: Editora UFSM, 2013. p. 39-48.

Downloads

Publicado

2021-12-17

Como Citar

MARIANO BERTOLINO, L. .; SOUZA, L. .; GUILHERME CARROZZA, N. . A transversalidade do discurso feminista em Anne With An E. Revista de Estudos Universitários - REU, [S. l.], v. 47, n. 2, p. 419–435, 2021. DOI: 10.22484/2177-5788.2021v47n2p419-435. Disponível em: http://periodicos.uniso.br/ojs/index.php/reu/article/view/4842. Acesso em: 1 jul. 2022.