História da implantação da Escola Rural de Xaxim (1952-1961) no contexto da escolarização do oeste Paranaense

  • Francielle Aparecida Garuti de Andrade Universidade Estadual de Maringá
  • Cézar de Alencar Arnaut de Toledo Universidade Estadual de Maringá
Palavras-chave: História da educação., História da Educação. Instituições Escolares. Região oeste do Paraná. Escola Rural de Xaxim., Instituições escolares., Região oeste do Paraná., Escola Rural de Xaxim.

Resumo

O objeto desta pesquisa é a Escola de Xaxim, uma instituição escolar rural, criada no ano de 1952, no Povoado de Xaxim, área rural de Toledo, no oeste paranaense. A escola foi criada mediante um acordo celebrado entre o estado do Paraná e o Governo Municipal de Foz do Iguaçu, Comarca de Toledo, e visava atender aos filhos dos trabalhadores que residiam naquela localidade. Trata-se de um estudo histórico e documental sobre a implantação da escola. A pesquisa está situada no campo da história e historiografia das instituições escolares. Sua realização se deu por meio da análise de documentos que descrevem a trajetória da instituição. Para a efetivação da pesquisa foram utilizadas fontes disponíveis no acervo do Museu Willy Barth, de Toledo, PR.

 

Biografia do Autor

Francielle Aparecida Garuti de Andrade, Universidade Estadual de Maringá
Aluna de mestrado do Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade Estadual de Maringá.
Cézar de Alencar Arnaut de Toledo, Universidade Estadual de Maringá

Doutor em Educação pela Unicamp (1996), professor do Departamento de Fundamentos da Educação e do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual de Maringá.

Referências

ARÓSTEGUI, Júlio. A pesquisa histórica: teoria e método. Bauru: EDUSC, 2006.
ARNAUT DE TOLEDO, Cézar de Alencar; ANDRADE, Rodrigo Pinto de. História e historiografia da Escola Lutera Concórdia de Marechal Cândido Rondon (1955-1969). In: SILVA, João Carlos da et al. (Org.). História da educação: arquivos, instituições escolares e memória histórica. Campinas: Alínea, 2013. p. 191-210.
ARROYO, Miguel. Educadores e educandos, seus direitos e o currículo. Salto Para o Futuro: boletim, Brasília, n. 17, p. 7-11, set. 2007.
BITTAR, Marisa; FERREIRA JR., Amarilio. História, epistemologia marxista e pesquisa educacional brasileira. Educação & Sociedade, Campinas, v. 30, n. 107, p. 489-511, 2009.
BOSI, Alfredo. Dialética da colonização. São Paulo: Companhia das Letras, 1992.
BUFFA, Ester. Os estudos sobre instituições escolares: organização do espaço e propostas pedagógicas. In: NASCIMENTO, Maria Isabel Moura et al. Instituições escolares no Brasil: conceito e reconstrução histórica. Campinas: Autores Associados, 2007. p. 151-164.
BUFFA, Ester; PINTO, Gerson Almeida. Arquitetura e educação: organização do espaço e propostas pedagógicas dos grupos escolares paulistas, 1893/1971. São Carlos: EdUFSCar, 2002.
CALAZANS, M. J. Educação no meio rural. Educação e escola no campo. Campinas: Autores Associados, 1993.
CAPELO, Maria Regina Clivati. Educação, escola e diversidade cultural no meio rural de Londrina: quando o presente reconta o passado. 2000. 287f. Tese (Doutorado em Educação, Sociedade e Cultura) - Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2000.
DAMASCENO, Maria Nobre; BESERRA, Bernadete. Estudos sobre educação rural no Brasil: estado da arte e perspectivas. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 30, n. 1, p. 73-89, jan./abr. 2004. Disponível em: < file:///C:/Users/RODRIGO/Desktop/Educa%C3%A7%C3%A3o%20Rural.pdf>. Acesso em: 6 abr. 2015.
EMER, Ivo Oss. Desenvolvimento histórico do oeste do Paraná e a construção da escola. 1991. 340f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Programa de Pós-Graduação em Educação, Fundação Getúlio Vargas, Rio de Janeiro, 1991.
ESCOLA RURAL DE XAXIM. Livro-ata: exames finais do ano letivo de 1952 da Escola Rural de Xaxim. Toledo: [Arquivo do Museu Histórico Willy Barth], 1952. 02 f.
FERREIRA JR., Amarilio; BITTAR, Marisa. Educação e ideologia tecnocrática na ditadura militar. Cadernos Cedes, Campinas, v. 28, n. 76, p. 333-355, set./dez. 2008. Disponível em: . Acesso em: 12 mai. 2011.
GATTI JR., Décio. História das instituições educacionais: inovações paradigmáticas e temáticas. In: ARAÚJO, José Carlos Souza; GATTI JR., Décio. (Org.). Novos temas da educação: instituições escolares e educação na imprensa. Campinas: Autores Associados; Uberlândia: EDUFU, 2002. p. 3-24.
GREGORY, Valdir. Os eurobrasileiros e o espaço colonial: migrações no oeste paranaense. Cascavel: EDUNIOESTE, 2005.
LE GOFF, Jacques. História e Memória. Campinas: Editora da Unicamp, 2003.
LEITE, S. C. Escola rural: urbanização e políticas educacionais. São Paulo: Cortez, 1999.
LOMBARDI, José Claudinei. Educação e ensino na obra de Marx e Engels. Campinas: Alínea, 2011.
MAGALHÃES, Justino Pereira de. Da cadeira ao banco: escola e modernização (séculos XVIII-XX). Lisboa: EDUCA, 2010.
MAGALHÃES, Justino Pereira de. Tecendo Nexos: história das instituições educativas. Bragança Paulista: EDUSF, 2004.
MAGALHÃES, Justino Pereira de. Um apontamento metodológico sobre a história das instituições educativas. In: SOUSA, Cynthia Pereira de; CATANI, Denice Bárbara. (Org.). Práticas educativas, culturas escolares, profissão docente. São Paulo: Escrituras, 1998.
MARX, Karl; ENGELS, Friedrich. A ideologia alemã (I- Feuerbach). 9. ed. São Paulo: HUCITEC, 1993.
NIEDERAUER, Ondy Hélio. Toledo no Paraná: a história de um latifúndio improdutivo, sua reforma agrária, sua colonização, seu progresso. 2. ed. Toledo: Tolegraf, 2004.
NOSELLA, Paolo; BUFFA, Ester. Instituições escolares: por que e como pesquisar. Campinas: Alínea, 2009.
NOSELLA, Paolo; BUFFA, Ester. As pesquisas sobre instituições escolares: o método dialético marxista de investigação. In: ARAUJO, Ronaldo Marcos de Lima; RODRIGUES, Doriedson (Org.). Trabalho, educação e políticas educacionais. São Paulo: Alínea, 2012. p. 131-146.
PRADO, Adonia Antunes. Intelectuais e educação no Estado Novo (1937-1945): o debate sobre a formação do professor primário rural. Teias, Rio de Janeiro, v. 1, n. l, p. 46-55, jan./jun. 2000.
PRADO, Adonia Antunes. Ruralismo pedagógico no Brasil do Estado Novo. Estudos Sociedade e Agricultura, Rio de Janeiro, n. 4, p. 5-27, 1995.
PREFEITURA MUNICIPAL DE FOZ DO IGUAÇU. Contrato da professora Vilma Cerutti pela Diretoria Geral de Educação do Município de Foz do Iguaçu. Toledo: [Arquivo do Museu Histórico Willy Barth], 1952. 01 f.
RAGAZZINI, Dário. Para quem e o que testemunham as fontes da história da educação? Educar em Revista, Curitiba: Editora da UFPR, n. 18, p. 13-28, jul./dez. 2001.
SANFELICE, José Luís. História das instituições escolares. In: NASCIMENTO, Maria Isabel Moura et al. (Org.). Instituições escolares no Brasil: conceito e reconstrução histórica. Campinas: Autores Associados, 2007. p. 75-93.
SAVIANI, Dermeval. História das ideias pedagógicas no Brasil. 2. ed. rev. e ampl. Campinas: Autores Associados, 2008.
SAVIANI, Dermeval. Breves considerações sobre as fontes para a história da educação. In: LOMBARDI, José Claudinei; NASCIMENTO, Maria Isabel Moura (Org.). Fontes, história e historiografia da educação. Campinas: Autores Associados, 2004. p. 3-12.
SCHNEIDER, Claércio Ivan. Os senhores da terra: produção de consensos na fronteira. (Oeste do Paraná, 1946-1960). 2001. 157 f. Dissertação (Mestrado em História) - Programa de Pós-Graduação em História, Universidade Estadual do Paraná, Paranavaí, 2001.
SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA. Boletim mensal do mês de março de 1952 da Escola Rural de Xaxim. Toledo: [Arquivo do Museu Histórico Willy Barth], 1952. 01 f.
SILVA, João Carlos da. A escola publica primária na região oeste do Paraná: levantamento de fontes e produção acadêmica. EccoS, São Paulo, n. 26, p. 123-140, jul./dez. 2011.
THERRIEN, J. Políticas de educação para o meio rural: o papel do estado e a produção do saber. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE EDUCACÃO, 4., São Paulo. Anais... São Paulo: Cortez, 1988. p. 171-197.
WACHOWICZ, Christovam Ruy. História do Paraná. Curitiba: Imprensa Oficial do Paraná, 2001.
WACHOWICZ, Christovam Ruy. Obrageros, mensus e colonos: história do oeste paranaense. Curitiba: Vicentina, 1982.
Publicado
2017-05-10
Como Citar
GARUTI DE ANDRADE, F.; ARNAUT DE TOLEDO, C. História da implantação da Escola Rural de Xaxim (1952-1961) no contexto da escolarização do oeste Paranaense. Quaestio - Revista de Estudos em Educação, v. 19, n. 1, p. 47-68, 10 maio 2017.
Seção
Artigos