Loko da fiel

um estudo sobre Brand Persona no Sport Club Corinthians Paulista

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22484/2177-5788.2020v46n2p255-277

Palavras-chave:

Brand persona, Futebol, Brand persona. Futebol. Loko da Fiel.

Resumo

Vivenciamos um momento no qual o consumidor, mais ativo, busca adquirir produtos das marcas com as quais se identifica e, sobretudo, se relaciona. Assim os conteúdos de branded content e a criação de brand personas tornaram-se importantes estratégias de marketing para as empresas. Com o futebol considerado também um elemento mercadológico, o cenário é o mesmo para os clubes. Dessa forma, o presente artigo objetiva identificar as estratégias utilizadas pelo Loko da Fiel, brand persona criada pelo Sport Club Corinthians Paulista, para envolver os corinthianos. Metodologicamente o estudo se fundamenta na pesquisa bibliográfica, na análise de conteúdo e em entrevistas realizadas com Robson Brusarosco e Márcio Rodrigues. Conclui-se que ao alinhar o discurso do bot com o de seu torcedor, o clube reforça nele o sentimento de pertença.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AAKER, David A. Criando e administrando marcas de sucesso. São Paulo: Futura, 2001.

ALAMI, Sophie; DESJEUX, Dominique; GARABUAU-MOUSSAOUI, Isabelle. Os métodos qualitativos. Petrópolis: Vozes, 2010.

AMA. Definition of marketing. 2010. Disponível em: https://www.ama.org/AboutAMA/Pages/Definition-of-Marketing.aspx. Acesso em: 26 nov. 2019.

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 1977.

CAPPRA, Ricardo. 8 dicas para ser influente nas redes sociais. Cultura Analítica, 2012. Disponível em: https://cappra.com.br/2012/08/01/8-dicas-para-ser-influente-nas-redes-sociais/. Acesso em: 18 nov. 2019.

CARDIA, Wesley. Marketing e patrocínio esportivo. Porto Alegre: Bookman, 2004.

CONTURSI, Ernani B. Marketing esportivo. Rio de Janeiro: Sprint, 2000.

DNA Torcedor. Corinthians. Ibope Repucom. 2020. Disponível em: http://mktmidia.ibope.com.br/repucom/IBOPE_REPUCOM-CLUBE_DNA_2020_CORINTHIANS.pdf. Acesso em: 02 out. 2020.

FARIA, Patrícia. Marketing futebol clube: um estudo de múltiplos casos sobre associação de imagem a envolvimento e a identidade em clubes de futebol. 2007. 230 f. Dissertação (Mestrado em Administração) - Centro de Pós-graduação e Pesquisas em Administração, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2007.

FENNER, Priscila Dias. Comunicação humanizada como fator de posicionamento de marca: o caso do Nubank. 2016. TCC (Curso de Comunicação Social: Habilitação em Relações Públicas) - Departamento de Comunicação Social, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2016. Disponível em: https://lume.ufrgs.br/handle/10183/ 157383. Acesso em: 28 nov. 2019.

FIGUEIREDO, Sérgio. Brand Persona: o poder da personificação dos valores da sua marca. Marketing de conteúdo. 2018. Disponível em: https://marketingdeconteudo.com/brand-persona/. Acesso em: 27 nov. 2019.

GIL, Antonio Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social. São Paulo: Atlas, 2009.

GONÇALVES, Júlio Cesar de Santana; CARVALHO, Cristina Amélia. A Mercantilização do futebol brasileiro: instrumentos, avanços e resistências. Cadernos Ebape.br, São Paulo, v. 4, n. 2, 2006.

KOTLER, Philip. Administração de marketing. São Paulo: Prentice Hall, 2000.

KOTLER, Philip. Marketing para o século XXI: como criar, conquistar e dominar mercados. São Paulo: Ediouro, 2009.

LIMA, Heloísa Dantas et al. Brand Equity e o marketing digital: a experiência Netflix no relacionamento com o cliente. Cadernos de aula do LEA, Santa Catarina, n. 6, p. 47-62, dez. 2017. Disponível em: http://periodicos.uesc.br/index.php/calea/article/view/1591. Acesso em: 28 nov. 2019.

LOKO da Fiel. [2018]. Disponível em: https://www.lokodafiel.com.br/. Acesso em: 02 dez. 2019.

MARTINS, José Roberto. Branding: um manual para você criar, avaliar e gerenciar marcas. São Paulo: Negócio, 2000.

PINHO, José Benedito. Comunicação em marketing: princípios da comunicação mercadológica. Campinas: Papirus, 2001.

PRONI, Marcelo W. Esporte-espetáculo e futebol-empresa. 1998. 262f. Tese (Doutorado) - Faculdade de Educação Física, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 1998. Disponível em: repositorio.unicamp.br/bitstream/REPOSIP/275330/1/Proni_MarceloWeishaupt_D.pdf. Acesso em: 26 nov. 2019.

RANKING digital dos clubes brasileiros – nov. 2019. Ibope Repucom, 2019. Disponível em: http://www.iboperepucom.com/br/rankings/ranking-digital-dos-clubes-brasileiros-nov2019-3870-2/. Acesso em: 26 nov. 2019.

REINERT, Venilton; QUADROS, Cynthia; KIELWAGEN, Jeffrey. Marketing esportivo na internet: uma análise dos sites dos clubes de futebol brasileiro. 2006. Disponível em: http://cev.org.br/biblioteca/marketing-esportivo-na-internet-uma-analise-dos-sites-dos-clubes-de-futebol-brasileiro/. Acesso em: 26 nov. 2019.

SANDER, Tatiana; KREUTZ, Elizete. E-Branding esportivo: conceito e estratégia. Revista Inovcom, São Paulo, v. 4, n. 1, p. 8-19, 2013. Disponível em: http://portcom.intercom.org.br/revistas/index.php/inovcom/article/view/1596. Acesso em: 28 nov. 2019.

SILVA, Macella Rodrigues. As mídias sociais como potencializadoras da paixão clubística: publicidade e interações no engajamento ao consumo de cibertorcedores. 2015. 120 f. Dissertação (Mestrado em Comunicação) – Programa de Pós-Graduação em Comunicação, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2015.

VANNUCCHI, Giovanni; SCHULZINGER, Gisela. Branding. Revista Brasileira de Administração, Brasília, n. 88, p. 18-21, 2012. Disponível em: https://issuu.com/revistarba/docs/rba88web. Acesso em: 28 nov. 2019.

Publicado

2020-12-17

Como Citar

AZEVEDO, N. Loko da fiel: um estudo sobre Brand Persona no Sport Club Corinthians Paulista. Revista de Estudos Universitários - REU, v. 46, n. 2, p. 255-277, 17 dez. 2020.