O CURRÍCULO DO FORRÓ ELETRÔNICO COMO PROVOCADOR DA NORDESTINIDADE

Autores

  • Marlécio Maknamara

Resumo

Como efeito de toda uma produção discursiva sobre o Nordeste, o “forró” emerge associado fortemente a uma ideia de nordestinidade. Este artigo objetiva apresentar elementos por meio dos quais foi possível tomar o estilo musical denominado “forró eletrônico” como um currículo provocador das ideias de Nordeste e nordestinidade. Para tanto, inicia com uma contextualização da emergência do gênero musical “forró”. Em seguida, apresenta as pesquisas brasileiras já realizadas sobre tal gênero musical. Por fim, mostra lacunas investigativas que uma pesquisa em torno do forró eletrônico contribuiu para preencher, ao tomá-lo como objeto de outras escutas. Conclui-se argumentando que o forró eletrônico não deixa de trair a nordestinidade tanto quanto possibilita que ela seja assimilada e reinventada.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

MAKNAMARA, M. O CURRÍCULO DO FORRÓ ELETRÔNICO COMO PROVOCADOR DA NORDESTINIDADE. Revista de Estudos Universitários - REU, Sorocaba, SP, v. 38, n. 2, 2012. Disponível em: https://periodicos.uniso.br/reu/article/view/1049. Acesso em: 3 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos