A produção audiovisual na Educação Básica

implicações e atravessamentos

Autores

  • Eliany Salvatierra Machado Universidade Federal Fluminense

DOI:

https://doi.org/10.22484/2177-5788.2018v44n1p53-68

Resumo

O presente texto visa apresentar reflexões sobre o processo de produção do audiovisual na Educação Básica, a partir do subprojeto “Arte – Cinema Licenciatura” do programa PIBID. A questão que norteia o trabalho é o quê e como ensinar audiovisual na Educação Básica no componente curricular Artes, ou seja, como uma área autônoma, separada das Artes Visuais, venha a responder pela existência de um novo profissional na escola. Já na formulação da proposta do subprojeto, tomamos como hipótese o conjunto de saberes e processos de significação e produção, que são mediados no ensino do audiovisual pelo educador audiovisual. Diante disso, há um conjunto de saberes que o educador audiovisual deve articular.  O presente texto está organizado em quatro subitens: o primeiro diz respeito a educação básica e a produção audiovisual; o segundo, aos princípios da produção audiovisual educativa; o terceiro aos processos de produção educativa e, o quarto, aos atravessamentos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2018-08-28

Como Citar

MACHADO, E. S. A produção audiovisual na Educação Básica: implicações e atravessamentos. Revista de Estudos Universitários - REU, Sorocaba, SP, v. 44, n. 1, 2018. DOI: 10.22484/2177-5788.2018v44n1p53-68. Disponível em: https://periodicos.uniso.br/reu/article/view/3280. Acesso em: 26 nov. 2022.