A psicologia analítica e sombra em confronto com o sujeito

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22484/2177-5788.2022v48id4807

Palavras-chave:

psicologia analítica, Jung, arquétipo, sombra, individualização

Resumo

A psicologia analítica, proposta por Jung, adota uma série de conceitos distintos. A personalidade manifesta elementos impessoais, coletivos e elaborados por categorias herdadas ou os chamados arquétipos. Entre os arquétipos, encontram-se a persona, a sombra, a anima, o animus e o self. Considerando-se tal contexto, esse estudo destaca a presente questão: o confronto com o arquétipo da sombra pode permitir que o paciente evolua e conclua sua individuação? Nesse sentido, como objetivo principal, foram averiguados os principais aspectos do arquétipo da sombra na vida do indivíduo. Em relação aos objetivos específicos, ressaltam-se: descrever os arquétipos e sua relevância e interrelação durante a individuação; caracterizar a sombra como constituinte da pisque do sujeito; e investigar o confronto com a sombra como estratégia de autoconhecimento. Desenvolveu-se uma revisão bibliográfica narrativa. Reconhecer e integrar o lado sombrio da personalidade é condição “sine qua non” para o autoconhecimento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BRACCO, Bruno Amabile. Direito penal e processo de individuação um estudo junguiano sobre o impacto das leis penais na sociedade. 2012. 248 f. Dissertação (Mestrado em Direito Penal e Medicina Forense e Criminologia) – Universidade de São Paulo. São Paulo, 2012.

BYINGTON, Carlos Amadeu Botelho. Jung e a espiritualidade. O self e o mal. O paradoxo do arquétipo central. Um estudo da Psicologia simbólica junguiana. São Paulo, 2008. Disponível em: http://www.carlosbyington.com.br/site/wp- content/themes/drcarlosbyington/PDF/pt/jung_e_a_espiritualidade.pdf. Acesso em: 25 jan. 2021.

BYINGTON, Carlos Amadeu Botelho. A sombra e o mal. O paradoxo do arquétipo central. Um estudo da ética pela psicologia simbólica junguiana. Revista da Sociedade Brasileira de Psicologia Analítica, São Paulo, v. 37, n. 1, p. 221-230, jan.-jul. 2019.

CARVALHO, Antonio Gregory Rocha. Ética e psicologia analítica: articulações entre alteridade e psicologia em C. G. Jung e Emmanuel Lévinas. 2019. 101f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2019.

FREIRE, José Célio. A Psicologia a serviço do outro: ética e cidadania na prática psicológica. Psicol. Cienc. Prof., Brasília, v. 23, n. 4, p. 12-15, dez. 2003.

HILLMAN, James. The cure of the shadow. In: Zweig, Connie; BRAMS, Jeremiah. (Eds.). Meeting the shadow: the hidden power of the dark side of human nature. Nova York: G.P. Putnam’s Sons, 2008. p. 242-243.

HOLST, Bruna; NUNES, Maria Lúcia Tiellet. Contribuições de Sabina Spielrein à psicanálise. Barbarói, Santa Cruz do Sul, n. 37, p. 138-153, jul./dez. 2012.

JACOBI, Jolande. A psicologia de C. G. Jung: uma introdução às obras completas. Petrópolis-RJ: Vozes, 2013.

JUNG, Carl Gustav. O problema do mal no nosso tempo. In: ZWEIG, Connie; ABRAMS, Jeremiah. Ao encontro da sombra: o potencial oculto do lado escuro da natureza humana. São Paulo: Cultrix, 2008.

JUNG, Carl Gustav. Psicologia do inconsciente. Petrópolis-RJ: Vozes, 2011.

JUNG, Carl Gustav. Aion: estudos sobre o simbolismo do si-mesmo. Petrópolis-RJ: Vozes, 2012a.

JUNG, Carl Gustav. Psicologia e religião. Petrópolis-RJ: Vozes, 2012b.

JUNG, Carl Gustav. Tipos psicológicos. Petrópolis-RJ: Vozes, 2013a.

JUNG, Carl Gustav. Prática da psicoterapia. Petrópolis-RJ: Vozes, 2013b.

JUNG, Carl Gustav. Arquétipos e o inconsciente coletivo. Petrópolis-RJ: Vozes, 2014a.

JUNG, Carl Gustav. Consciente, inconsciente e individuação. In: JUNG, Carl Gustav. Os arquétipos e o inconsciente coletivo. Petrópolis-RJ: Vozes, 2014b.

JUNG, Carl Gustav. Psicologia y alquimia. [S.l.]: Createspace Independent Publishing Platform, 2016.

JUNG, Carl Gustav. O si-mesmo oculto. Petrópolis-RJ: Vozes, 2020.

JUNG, Carl Gustav. Eu e o inconsciente. Dois Escritos Sobre Psicologia Analítica. Petrópolis-RJ: Vozes, 2015.

MERKUR, Daniel (Ed.). Jung’s ethics: moral psychology and his cure of souls. New York- NY: Routledge, 2017.

ORELLANA, Reyes V.; RUIZ, Antonio Sanchez-Barranco. Sabina Spielrein, la primera mujer que enriqueció la teoría psicoanalítica. Revista de la Asociación Española de Neuropsiquiatría, Madrid, n. 85, p. 107-122, mar. 2003.

PINHEIRO, Heráclito. Psicologia junguiana: uma introdução. Fortaleza, CE: Dummar, 2019.

SILVEIRA, Nise da. Jung: vida e obra. Rio de Janeiro-RJ: Paz e Terra, 2008.

SKEA, Brian R. Sabina Spielrein: out from the shadow of Jung and Freud. Journal of Analytical Psychology, Reino Unido, v. 51, n. 4, p. 527-552, set. 2006.

STEIN, Murray. Psicanálise junguiana: trabalhando no espírito de C. G. Jung. Petrópolis, RJ: Vozes, 2019.

STEVENSON, Robert Louis. O Estranho caso do Dr. Jekyll e Mr. Hyde. São Paulo: Hedra, 2011.

VON FRANZ, Marie-Louise. Shadow and Evil in Fairy Tales. Boulder: Shambala, 2017.

WHITMONT, Edward C. A evolução da sombra. In: ZWEIG, Connie; ABRAMS, Jeremiah. Ao encontro da sombra: o potencial oculto do lado escuro da natureza humana. São Paulo: Cultrix, 2008.

WHITMONT, Edward C. A busca do símbolo: conceitos básicos de psicologia analítica. São Paulo: Cultrix, 2009.

WILDE, Oscar. O retrato de Dorian Gray. United Kingdom: Penguin, 2012.

ZWEIG, Connie; ABRAMS, Jeremiah. Ao encontro da sombra: o potencial oculto do lado escuro da natureza humana. São Paulo: Cultrix, 2008.

ZWEIG, Connie; WOLF, Steve. O jogo das sombras: iluminando o lado escuro da alma. Rio de Janeiro: Rocco, 2000.

Downloads

Publicado

13-12-2022

Como Citar

SANTOS, D. M. A. de A. P. A psicologia analítica e sombra em confronto com o sujeito. Revista de Estudos Universitários - REU, Sorocaba, SP, v. 48, p. e022014, 2022. DOI: 10.22484/2177-5788.2022v48id4807. Disponível em: https://periodicos.uniso.br/reu/article/view/4807. Acesso em: 4 fev. 2023.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)