Gameplay, ludicidade e a contemporaneidade do pensamento de Huizinga, na perspectiva de Letícia Perani Soares

entrevista em 11 de outubro de 2021

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22484/2177-5788.2022v48id4912

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Letícia Perani Soares , Universidade Federal de Juiz de Fora

Professora Adjunta do Instituto de Artes e Design da Universidade Federal de Juiz de Fora (IAD/UFJF). Coordenadora do curso de Licenciatura em Artes Visuais (UFJF). Coordenadora da Linha de Pesquisa Estudos do Lúdico Digital - Ciberludens, do grupo Histórias Interativas: estudo e projeto de ludonarrativas (UFJF). Pesquisadora do Laboratório de Comunicação, Entretenimento e Cognição da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (CiberCog/Uerj). Conselheira da divisão brasileira da Digital Games Research Association - DiGRA (2021 - 2023). Ex-Tutora do Grupo de Educação Tutorial em Artes e Design - GET Jogos IAD/UFJF. Tem Doutorado em Comunicação pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (2016), Mestrado em Comunicação pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (2008) e Graduação em Comunicação Social pela Universidade Federal de Juiz de Fora (2006). Tem experiência nas áreas de Comunicação, Design e Educação, com ênfase em Games e Cibercultura, atuando principalmente nos seguintes temas: tecnologias digitais, games, lúdico, interatividade, educação, ativismo político.

Referências

AVILA, Affonso. O lúdico e a projeções do mundo Barroco I: uma linguagem a dos cortes, uma consciência a dos luces. São Paulo: Perspectiva, 2012.

AVILA, Affonso. O lúdico e as projeções do mundo Barroco II: Áurea idade da áurea terra. São Paulo: Perspectiva, 1994.

ARISTÓTOLES. Ética a Nicômaco. São Paulo: Edipro, 2018.

BUSH, Vannevar. As We May Think. The atlantic; 1945. Disponível em: https://www.theatlantic.com/magazine/archive/1945/07/as-we-may-think/303881/. Acesso em: 3 dez. 2021. DOI: https://doi.org/10.7551/mitpress/12274.003.0013

CALLOIS, Roger. Os jogos e os homens: a máscara e a vertigem. Petrópolis, RJ: Vozes, 2017.

CHAPMAN, Adam; LINDEROTH, Jonas. Exploring the limits of play: a case study of representations of nazism in games. In: MORTENSEN, Torill Elvira; LINDEROTH, Jonas; BROWN, Ashley (eds). The dark side of game play. New York; London: Routledge, 2015. p. 137-153. DOI: https://doi.org/10.4324/9781315738680-9

DUFLO, Colas. O jogo de Pascal a Schiller. Porto Alegre: Penso, 1999.

ELIADE, Mircea. O sagrado e o profano. São Paulo: WMF Martis Fontes, 2018.

FLUSSER, Vilém. Filosofia da caixa preta: ensaios para uma futura filosofia da fotografia. Rio de Janeiro: Relume Dumará, 2019.

FRAGOSO, Suely et. al. Estudos de games na área de comunicação no Brasil: tendências no período de 2000-2014. Verso e Reverso, São Leopoldo, v. 31, n. 76, 2017. DOI: https://doi.org/10.4013/ver.2016.31.76.01

HUIZINGA, Johan. Homo ludens: o jogo como elemento da cultura. São Paulo: Perspectiva, 2019 [1938/1955].

JORGENSEN; Kristine; FASSONE, Riccardo. Introduction: locating the Taboos of Game Studies. G|A|M|E, Reggio Calabria, n. 9, 2020.

JUUL, Jesper. Half-real: videogames entre regras reais e mundos ficcionais. São Paulo: Blucher, 2019.

KURZWEIL, Ray. The singularity is near: when humans transcend biology. Nova York: Penguin Books, 2005.

MÄIRÄ, Frans. An introduction to game studies. Thousand Oaks: SAGE Publications, 2008.

MURRAY, Janet. Hamlet no holodeck: o futuro da narrativa no ciberespaço. São Paulo: Editora Unesp, 2003.

PIRES, Raphael Vieira. O uso colaborativo de mecânicas em videogame de sobrevivência e estratégias comunicacionais coletivas. 2019. Dissertação (Mestrado em Comunicação) – Programa de Pós-Graduação em Comunicação, Universidade Federal de Juiz de Fora, Juiz de Fora, 2019.

SPIVAK, Gayatri Chakravorty. Pode o subalterno falar? Belo Horizonte: Editora UFMG, 2018.

Downloads

Publicado

2022-08-09

Como Citar

MONTARGIL, G.; SOARES , L. P. Gameplay, ludicidade e a contemporaneidade do pensamento de Huizinga, na perspectiva de Letícia Perani Soares: entrevista em 11 de outubro de 2021. Revista de Estudos Universitários - REU, Sorocaba, SP, v. 48, p. e022004, 2022. DOI: 10.22484/2177-5788.2022v48id4912. Disponível em: https://periodicos.uniso.br/reu/article/view/4912. Acesso em: 28 set. 2022.

Edição

Seção

Entrevista