A prática de jogos digitais e a expansão do círculo mágico no contexto da Midiatização

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22484/2177-5788.2022v48id4933

Palavras-chave:

midiatização, jogos digitais, cibercultura

Resumo

Esse artigo tem como objetivo investigar como uma prática lúdica, a experiência com os dispositivos Amiibo, é influenciada pelo contexto social, cultural e tecnológico de midiatização. Como metodologia elegemos por uma revisão teórica a partir de um tripé de áreas temáticas: a midiatização; os jogos digitais e suas relações com a cultura; a cibercultura e as transformações nos fluxos comunicacionais. Como objeto de estudo optamos por analisar a linha de produtos tecnológicos chamada Amiibo, objetos que promovem interações com jogos digitais. Ao fim do estudo, entendemos que em um contexto de sociedade midiatizada, as práticas lúdicas sofrem influências dessa conjuntura social, cultural e tecnológica, relação essa pautada por diretrizes mercadológicas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ACCENTURE. Global Gaming Industry Value Now Exceeds $300 Billion. New Accenture Report Finds, New York, 29 abr. 2021. Disponível em: https://newsroom.accenture.com/news/global-gaming-industry-value-now-exceeds-300-billion-new-accenture-report-finds.html. Acesso em: 1 jan. 2022.

CASTELLS, Manuel. A sociedade em rede: a era da informação: economia, sociedade e cultura. São Paulo: Paz e Terra, 2009. v. 1.

FARBIARZ, Alexandre; VIEIRA, Juliana B. S. Jogos pervasivos e fluxos comunicacionais em contexto de pandemia: um estudo dos grupos de whatsapp de jogadores de Pokémon Go. Encontro Virtual da ABCiber – 2020. Anais do ..., 2020. Disponível em: https://abciber.org.br/simposios/index.php/virtualabciber/virtual2020/schedConf/presentations. Acesso em: 18 jan. 2022.

FINNEMANN, Niels Ole. Mediatization theory and digital media. Communications, [s.l.], v. 1, n. 36, p. 67-89, 2011.

FLANAGAN, Mary; NISSENBAUM, Helen. Values at Play: valores em jogos digitais. São Paulo: Blucher, 2016.

HJARVARD, Stig. A midiatização da cultura e da sociedade. São Leopoldo: Ed. UNISINOS, 2014.

HJARVARD, Stig. Da mediação à midiatização: a institucionalização das novas mídias. Parágrafo, São Paulo, v. 2, n. 3, p. 51-62, 2015.

HUIZINGA, Johan. Homo ludens: o jogo como elemento da cultura. São Paulo: Perspectiva, 2007.

JENKINS, Henry. Cultura da convergência. São Paulo: Aleph, 2009.

LÉVY, Pierre. Cibercultura. São Paulo: Editora 34, 1999.

LEMOS, André. Cibercultura: tecnologia e vida social na cultura contemporânea. Porto Alegre: Sulina, 2008.

MADEIRA, Cauê. Geekonomy Drops: Brasil no top 12 países que mais faturam com games. Exame.com, 7 maio 2021. Disponível em: https://exame.com/bussola/geekonomy-drops-brasil-no-top-12-paises-que-mais-faturam-com-games/. Acesso em: 1 jan. 2022.

MCLUHAN, Marshall. Os meios de comunicação como extensões do homem. São Paulo: Cultrix, 1969.

MURRAY, Janet H. Hamlet no Holodeck: o futuro da narrativa no ciberespaço. São Paulo: Itaú Cultural; Unesp, 2003.

NINTENDO. Six months financial results briefing for fiscal year ending March 2019. 2018. Disponível em: https://www.nintendo.co.jp/ir/pdf/2018/181031_2e.pdf. Acesso em: 13 jan. 2022.

PGB. PGB 2021 8ª Edição. Página Inicial. Disponível em: https://www.pesquisagamebrasil.com.br/pt/pesquisa-game-brasil-2020/. Acesso em: 1 jan. 2022.

SALEN, Katie; ZIMMERMAN, Eric. Regras do jogo: fundamentos do design de jogos: interação lúdica. São Paulo: Blucher, 2012. v. 3.

SODRÉ, Muniz. Antropológica do espelho: uma teoria da comunicação linear e em rede. Rio de Janeiro: Vozes, 2013.

THOMPSON, John B. A mídia e a modernidade: uma teoria social da mídia. Petrópolis, RJ: Vozes, 1998.

VACH, Melissa. How Has Nintendo's Use of amiibo evolved since their Launch? CBR, 10 jan. 2022. Disponível em: https://www.cbr.com/nintendo-amiibo-history-evolution/. Acesso em: 13 jan. 2022.

Downloads

Publicado

2022-11-19

Como Citar

LOPES ALBUQUERQUE BASTOS, L.; FARBIARZ, A. A prática de jogos digitais e a expansão do círculo mágico no contexto da Midiatização. Revista de Estudos Universitários - REU, Sorocaba, SP, v. 48, p. e022010, 2022. DOI: 10.22484/2177-5788.2022v48id4933. Disponível em: https://periodicos.uniso.br/reu/article/view/4933. Acesso em: 8 dez. 2022.

Edição

Seção

Dossiê - Ludicidade