EDUCAÇÃO E MEIO AMBIENTE ENTRE A BIOPOLÍTICA E A BIOPOTÊNCIA

Autores

  • Rodrigo Barchi

Resumo

A biopolítica, para Michel Foucault, é a forma de poder que regulamenta e normaliza os modos de vida, e está intimamente ligada ao neoliberalismo e às formas de produção do capitalismo contemporâneo. É todo um conjunto de dispositivos, estratégias, capturas e ações que a forma-Estado tem à disposição para manter sua hegemonia nas sociedades de controle. Por sua vez, o conceito de biopotência pode ser compreendido como a recusa ao primado da verdade, a unificação dos sentidos de mundo e do fazer educativo. O presente texto busca fazer alguns questionamentos no que diz respeito ao fazer e pensar educação ambiental seja no exercício da biopolítica ou em suas possibilidades e “bio-potencialidades” de resistir ao constante assédio e sedução dos usos e compartilhamento dos poderes hegemônicos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

BARCHI, R. EDUCAÇÃO E MEIO AMBIENTE ENTRE A BIOPOLÍTICA E A BIOPOTÊNCIA. Revista de Estudos Universitários - REU, Sorocaba, SP, v. 37, n. 1, 2011. Disponível em: https://periodicos.uniso.br/reu/article/view/597. Acesso em: 26 set. 2022.