O uso dos jornais religiosos como fonte para a história da educação

  • Adriana Duarte Leon IFSUL Instituto Federal Sul-Rio-Grandense
Palavras-chave: Imprensa religiosa., imprensa religiosa, História e educação., história e educação.

Resumo

O objetivo deste trabalho é apresentar algumas possibilidades de contribuição da imprensa religiosa como fonte para os estudos na área de história da educação. A fim de desenvolver tal argumento, analisaremos três jornais católicos que circularam no Rio Grande do Sul, no início do século XX: o jornal “EstrelladoSul”, produzido pela arquidiocese de Porto Alegre; o jornal “StaffettaRio-grandense”, produzido pela ordem dos Capuchinhos, em Caxias do Sul e o jornal “APalavra”, produzido pela diocese de Pelotas. No que tange à educação, as construções discursivas são muito diretas e disputam uma concepção de educação católica para a escola pública.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Adriana Duarte Leon, IFSUL Instituto Federal Sul-Rio-Grandense

Professora do Instituto Federal Sul-Rio-Grandense.

Doutora em Educação pela Universidade Federal de Minas Gerais, área de concentração História da Educação.

Referências

ALMEIDA, Maria das Graças Ataíde de. A república cristã: fé, ordem e progresso. In: HOMEM, Amadeu Carvalho; SILVA, Armando Malheiro da; ISAIA, Artur César (Org.). Progresso e religião: a república no Brasil e em Portugal 1889-1910. Coimbra: Imprensa da Universidade, 2007.
ALVES, Francisco das Neves. Imprensa e política: algumas reflexões acerca da investigação histórica. História em Revista, Pelotas, v. 7, p. 93-115, dez. 2001.
BICCAS, Maurilaine de Souza. O impresso como estratégia de formação: revista do ensino de Minas Gerais (1925 -1940). Belo Horizonte: Argvmentvm, 2008.
CHARTIER, Roger (Org.). As utilizações do objecto impresso. Portugal: Difel, 1998.
DIAS, Romualdo. A doutrina católica sobre a autoridade no Brasil 1922-1935. 1993. Tese (Doutorado) - Instituto de Filosofia e Ciências Humanas - Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 1993.
ESTRELLA DO SUL. Porto Alegre, 4 jan. 1930.
ESTRELLA DO SUL. Porto Alegre, 2 fev. 1930.
ESTRELLA DO SUL. Porto Alegre, 7 dez. 1930.
ESTRELLA DO SUL. Porto Alegre, 27 abr. 1933.
HORTA, José Silvério Bahia. A Constituição de 1934: comentários. In: FÁVERO, Osmar (Org.). A educação nas constituintes brasileiras (1823-1988). 3. ed. Campinas: Autores Associados, 2005.
LUSTOSA, Oscar de Figueiredo. Os bispos do Brasil e a imprensa. São Paulo: Edições Loyola, 1983.
MAGALDI, Ana Maria Bandeira de Mello. Páginas do professorado: um estudo sobre profissão e formação docente em periódicos católicos (anos 1930 - Brasil/Portugal). Revista SÍSIFO, Lisboa, n. 11, jan./abr. 2010.
NAGLE, Jorge. Educação e sociedade na Primeira República. São Paulo: E.P.U, 1974.
NOVAES, NÉVIO de. Intelectuais e igreja católica no Paraná: 1926-1938. Ponta Grossa: UEPG, 2010.
NÓVOA, Antônio. A imprensa de educação e ensino. In: BASTOS, Maria Helena Câmara; CATANI, Denise Bárbara (Org.). Educação em revista: a imprensa periódica e a história da educação. São Paulo: Escrituras, 1997.
A PALAVRA. Pelotas, 13 set. 1930.
A PALAVRA. Pelotas, 13 jan. 1935.
A PALAVRA. Pelotas, 4 set. 1932.
A PALAVRA. Pelotas, 10 maio 1936.
A PALAVRA. Pelotas, 20 set. 1942.
PASSOS, Mauro. A presença e o discurso da igreja na formação da classe trabalhadora em Belo Horizonte (1890 – 1930). 1986. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 1986.
REVEL, Jacques. (Org.). Jogos de escalas: a experiência da microanálise. Rio de Janeiro: FGV, 1998.
SCHWARTZMAN, Simon. A política da igreja e a educação: o sentido de um pacto. Revista Religião e Sociedade, Rio de Janeiro, março 1986.
SOUZA, João Valdir Alves de. Igreja, educação e práticas culturais: a mediação religiosa no processo de produção/reprodução sociocultural na região do médio Jequitinhonha mineiro. 2000. Tese (Doutorado em Educação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2000.
STAFFETTA RIO-GRANDENSE. Caxias do Sul, 21 fev. 1934.
VIEIRA, Carlos Eduardo. Jornal diário como fonte e como tema para a pesquisa em História da Educação: um estudo entre imprensa, intelectuais e modernidade nos anos de 1920. In: OLIVEIRA, Marcus Aurélio Taborda de (Org.). Cinco estudos em história e historiografia da educação. Belo Horizonte: Autêntica, 2007.
Publicado
2017-05-10
Como Citar
LEON, A. O uso dos jornais religiosos como fonte para a história da educação. Quaestio - Revista de Estudos em Educação, v. 19, n. 1, p. 69-85, 10 maio 2017.
Seção
Artigos