Pesquisas contemporâneas sobre a condição do negro no Brasil e a universidade:

tendências e debates (1988-2016)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22483/2177-5796.2020v22n1p167-188

Resumo

O presente trabalho propõe oferecer uma síntese de textos selecionados a partir de um amplo levantamento publicado pela Edições Câmara no ano de 2017, sobre a condição do negro no Brasil. Para este estudo, privilegiamos a questão da universidade no contexto das relações étnico-raciais. O estudo reuniu uma bibliografia abrangente e diversificada que serviu para alicerçar a revisão de literatura e a construção de um dos eixos de um o trabalho em andamento no projeto POLITICS - A política de antirracismo na Europa e na América Latina: produção de conhecimento, decisão política e lutas coletivas. O estudo é oportuno para a reflexão e alicerçar novos trabalhos sobre a temática das relações étnico-raciais nas sociedades contemporâneas, aprofundando o conhecimento sobre raça, e antirracismo, proporcionando uma maior compreensão sobre a forma como as injustiças historicamente enraizadas estão a ser questionadas por instituições, em particular a universidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

marcos antonio batista da Silva, Centro de Estudos Sociais (CES) - Universidade de Coimbra,Portugal

Doutor em Psicologia Social pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo(PUC-SP) com doutorado Sanduíche no Exterior PNPD/CAEPES na Universidade de Coimbra, Portugal. Mestre em Psicologia Educacional com pesquisa sobre juventude e trabalho. Atualmente é investigador em pós-doutoramento no Centro de Estudos Sociais (CES), da Universidade de Coimbra, Portugal, onde integra o Projeto POLITICS The politics of anti-racism in Europe and Latin America: knowledge production, decision-making and collective struggles.

Publicado

2020-04-15

Como Citar

SILVA, MARCOS ANTONIO BATISTA DA. Pesquisas contemporâneas sobre a condição do negro no Brasil e a universidade:: tendências e debates (1988-2016). Quaestio - Revista de Estudos em Educação, v. 22, n. 1, 15 abr. 2020.

Edição

Seção

Artigos de Demanda