Exclusão, assimilação e inclusão de alunos com deficiência intelectual em sala de aula da educação de jovens e adultos

Palavras-chave: Educação de Jovens e Adultos, Inclusão, Deficiência intelectual.

Resumo

As relações sociais vividas por alunos com deficiência intelectual passam por situações de exclusão, assimilação e inclusão. Essas situações, na Educação de Jovens e Adultos (EJA), são o tema deste artigo. A pesquisa analisa episódios de uma aula, ocorrida em uma turma da segunda etapa da EJA, a qual possibilitou analisar episódios de interações entre três alunos com deficiência intelectual, duas professoras e os demais alunos. O objetivo é descrever e compreender situações de exclusão, de assimilação e de inclusão em uma turma da EJA. Trata-se de uma análise interpretativa dos episódios de sala de aula, as quais revelam que a despeito do acesso à escola, esses alunos, muitas vezes são apenas tolerados e assimilados em sua participação no processo de ensino e aprendizagem. Nos episódios é possível identificar, ainda, comportamentos de desqualificação e intolerância para com esses alunos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José Anchieta de Oliveira Bentes, UEPA

Pós-doutorado em educação na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Doutor  em Educação Especial, UFSCAR.  Mestre em Letras – Linguística, UFPA.  Especialização em Linguística aplicada ao ensino-aprendizagem do Português, UFPA. Graduação em Letras, UFPA. Professor adjunto da Universidade do Estado do Pará; atua no Programa de Pós-graduação em Educação (PPGED) - Mestrado na linha de pesquisa Saberes Culturais e Educação na Amazônia.

Mônica de Nazaré Carvalho, UEPA

Mestra em Educação pelo Programa de pós graduação em Educação, PPGED/UEPA. Especialista em Atendimento Educacional Especializado, UFCE. Especialista em Educação Inclusiva, IPIRANGA.

Referências

BARROS, D. P. Intolerância, preconceito e exclusão. In: LARA, G. P.; LIMBERTI, R. P. (orgs.). Discurso e desigualdade social. São Paulo: Contexto, 2015. p. 61-77.

BUBER, M. Eu e tu. 10. ed. rev. São Paulo: Centauro, 2012.

BUBER, M. El Camino del ser humano y otros escritos. Salamanca: Kadmos, 2003.

CARVALHO, M. N. A problemática da Educação de Jovens e Adultos na Educação Especial. In: REUNIÃO CIENTIFICA DA ANPED NORTE: políticas públicas e formação humana: desafios para a educação na Panamazônia, 1., 2016, Belém. Belém, Pa. Anais [...]. Belém, Pa.: ANPED NORTE, 2016. p. 2280-2289.

DUAYER, M. Apresentação. In: MARX, K. Grundrisse: manuscritos econômicos de 1857-1858 - Esboços da Crítica da economia política. São Paulo: Boitempo; Rio de Janeiro: UFRJ, 2011. p. 11-24.

LANDOWSKI, E. Presenças do outro: ensaios de sociossemiótica II. São Paulo: Perspectiva, 2012.

MACEDO, L. Fundamentos para uma educação inclusiva. In: MACEDO, L. Ensaios pedagógicos: como construir uma escola para todos? Porto Alegre: Artmed, 2005. p. 17-30.

MAFFEZOLI, R. R. "Olha, eu já cresci": a infantilização de jovens e adultos com deficiência mental". 2004. 135p. Dissertação (Mestrado em Educação) - Faculdade de Educação. Universidade Metodista de Piracicaba, UNIMEP, Piracicaba, 2004.

MARX, K. O Capital. Crítica da economia política. 6. ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1980. v. I.

VAN DIJK, T. A. Episódios como unidades de análise do discurso. In: VAN DIJK, T. A. Cognição, discurso e interação. São Paulo: Contexto, 1982. p. 99-121.

Publicado
2019-12-10
Como Citar
BENTES, J. A. DE O.; CARVALHO, M. DE N. Exclusão, assimilação e inclusão de alunos com deficiência intelectual em sala de aula da educação de jovens e adultos. Quaestio - Revista de Estudos em Educação, v. 21, n. 3, p. 845-864, 10 dez. 2019.
Seção
Artigos de Demanda