Historiografia sobre a Escola Normal no Brasil (1980-2001):

perspectivas teóricas e metodológicas

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22483/2177-5796.2020v22n1p73-94

Resumo

Na história da formação de professores no Brasil, a escola normal representou uma das mais significativas instituições que, entre os meados do século XX até os anos 1970, cumpriu esse papel. O objeto desse artigo, nesse sentido, é analisar a produção historiográfica entre os anos 1980 até 2001, no Brasil, que teve como objeto a escola normal. Para tal, foram compiladas teses e dissertações sobre o tema em questão, analisadas a partir dos seus objetos; período histórico estudado; fontes e perspectivas teórico-metodológicas adotadas nas análises. Como já indicado em outros estudos, também a produção sobre a escola normal, que se adensou nos anos 1990, foi fortemente marcada pela produção historiográfica da chamada história nova e nova história cultural. Daí a predominância de abordagens sobre a cultura produzida nas escolas normais, e sua influência no processo de conformação das instituições formadoras.  

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Margarita Victoria Rodríguez, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

Graduada em Licenciatura en Ciencias de La Educación - Universidad Nacional de Luján. Doutora em Filosofia e História da Educação pela Universidade Estadual de Campinas. Atualmente é professora da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS). Pós-doutorado em História da Educação pela Universidade Federal de Minas Gerais. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em História da Educação e Política Educacional, atuando principalmente nos seguintes temas: política educacional, formação de professores, filosofia da educação, história da educação e educação superior.

Silvia Helena Andrade de Brito, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

Graduada em Ciências Sociais pela Universidade de São Paulo, mestre em Educação pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, doutora em Educação pela Universidade Estadual de Campinas e pós-doutorado em História da Educação pela Universidade Federal de Minas Gerais. Vem atuando desde 1994 na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, e desde 2017 é professora titular da referida IFES. Tem experiência de docência, pesquisa e extensão nas áreas de Ciências Sociais e Educação, com ênfase em História da Educação, atuando principalmente com os seguintes temas: história da escola na modernidade; história e políticas educacionais. No biênio 2017-2019 está compondo a diretoria executiva da Sociedade Brasileira de História da Educação.

Publicado

2020-04-14

Como Citar

RODRÍGUEZ, M. V.; BRITO, S. H. A. DE. Historiografia sobre a Escola Normal no Brasil (1980-2001):: perspectivas teóricas e metodológicas. Quaestio - Revista de Estudos em Educação, v. 22, n. 1, 14 abr. 2020.

Edição

Seção

Dossiê - História, historiografia: políticas e práticas