Os egressos como sujeitos do processo de autoavaliação

análise de uma experiência na Pós-Graduação

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22483/2177-5796.2023v25id5016

Palavras-chave:

políticas de pós-graduação, egressos, autoavaliação.

Resumo

O artigo apresenta os resultados de um estudo realizado com os egressos da pós-graduação da área de educação de uma universidade pública federal localizada na região Sul do Brasil. A pesquisa foi desenvolvida com o propósito de oferecer subsídios para a elaboração da política de autoavaliação e do planejamento estratégico do Programa de Pós-Graduação em Educação da UFFS. De modo mais específico, o estudo procurou (i) identificar as principais características do perfil dos egressos; (ii) conhecer a percepção dos concluintes sobre a qualidade, importância e impacto do curso; (iii) analisar as principais potencialidades e fragilidades do curso, e (iv) sistematizar os aprimoramentos sugeridos pelos egressos. Os dados foram coletados por meio um questionário online. O estudo evidenciou, entre outros aspectos, que os egressos do programa de pós-graduação estudado são, majoritariamente, mulheres (82,4%), brancos (81,1%), com idade de até 35 anos (60,8%), residentes no Estado de Santa Catarina (68,9%) e com vínculo profissional em instituições públicas (79,7%). O curso foi considerado bom e ótimo pela maioria dos egressos. A qualidade do corpo docente foi mencionada como a principal qualidade do curso. A totalidade dos egressos se encontra empregada (93,3%) ou realizando algum curso (6,8%). Para 82,4% o curso agregou muita na formação e na carreira profissional. Cerca de 81,1% informaram que houve incremento salarial após a conclusão do curso.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Joviles Vitório Trevisol, Universidade Federal da Fronteira Sul - Câmpus Chapecó

Doutor em Sociologia pela Universidade de São Paulo. Pós-Doutor em Sociologia pelo Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra (Portugal). Pós-Doutor pelo Centre for Science and Technology Studies da Leiden University (Holanda). Docente na Universidade Federal da Fronteira Sul – Chapecó – SC.

 

Geomara Balsanello, Universidade Federal da Fronteira Sul - Câmpus Chapecó

Mestre em Educação pela Universidade Federal da Fronteira Sul. Administradora na Universidade Federal da Fronteira Sul – Chapecó/SC. 

 

Downloads

Publicado

03-10-2023

Como Citar

TREVISOL, Joviles Vitório; BALSANELLO, Geomara. Os egressos como sujeitos do processo de autoavaliação: análise de uma experiência na Pós-Graduação. Quaestio - Revista de Estudos em Educação, Sorocaba, SP, v. 25, p. e023035, 2023. DOI: 10.22483/2177-5796.2023v25id5016. Disponível em: https://periodicos.uniso.br/quaestio/article/view/5016. Acesso em: 21 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos de Demanda