Economia doméstica:

uma perspectiva a partir de manuais escolares

Palavras-chave: Disciplina escolar., Educação feminina., Ensino secundário.

Resumo

Analisar os conhecimentos propostos pela disciplina escolar Economia Doméstica por meio das obras Noções de Economia Doméstica (1946), de Isabel Serrano, e Economia Doméstica (1957), de Marina Souza, constitui o objetivo do artigo. Para tanto, utilizou-se como fontes, as obras mencionadas, as legislações e o programa oficial de ensino secundário, norteando a pesquisa pelos conceitos de disciplina escolar e livro didático. Verificou-se que os saberes da Economia Doméstica não incluíam exclusivamente orientações e regras para a boa mãe, dona de casa e esposa, mas geravam conhecimentos científicos, principalmente ligados à área da Biologia, Psicologia e Sociologia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eva Maria Siqueira Alves, UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE

Doutora em Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Professora Titular Voluntária da Universidade Federal de Sergipe.

Sayonara do Espírito Santo Almeida, Universidade Federal de Sergipe

Doutoranda e Mestre em Educação pela Universidade Federal de Sergipe. Pós-graduação em Didática e Metodologia do Ensino Superior. Graduada em História. Membro do Grupo de Pesquisa Disciplinas Escolares: História, Ensino e Aprendizagem (DEHEA/UFS/CNPq).

Referências

ALMEIDA, Júlia Lopes de. Livros das noivas. 2. ed. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1896.

ALMEIDA, Sayonara do Espírito Santo. Economia doméstica: uma disciplina escolar no secundário ginasial sergipano do Atheneu Sergipense (1944-1954). 2017. 143 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Programa de Pós-Graduação em Educação. Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, 2017.

BARBOSA, Deuzenir Dias Fernandes. Uma semente para o futuro: os Clubes Agrícolas Escolares e a formação de mentalidades ruralistas (Goiás, 1930-1960). 2017. 157 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Faculdade de Educação, Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2017.

BITTENCOURT, Circe Maria Fernandes. Livro didático e conhecimento histórico: uma história do saber escolar. 1993. 369 f. Tese (Doutorado em História Social) - Departamento de História da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da Universidade de São Paulo. São Paulo. 1993.

BRASIL. Ministério da Educação e Saúde. Decreto-lei nº 4.244, de 9 de abril de 1942. Lei Orgânica do Ensino Secundário. Diário Oficial da União, Brasília, Seção 1, 24 abr. 1942. p. 6717. (Publicação Original).

BRASIL. Ministério da Educação e Saúde. Decreto-lei 8.347, de 10 de dezembro de 1945. Dá nova redação aos arts. 5, 15, 19, 20, 24, 25, 28, 35, 36, 38, 39, 43, 45, 49, 50, 51, 85, 88 e 91 do Decreto-Lei n. 4.244, de 9 de abril de 1942. Diário Oficial da União, Brasília, Seção 1, 13 dez. 1945. p. 18616. (Publicação Original).

COSTRUBA, Deivid Aparecido. Júlia Lopes de Almeida e a literatura de o Livro das Noivas (1896). Baleia na rede - estudos em arte e sociedade, Marília, v. 1, n. 6, p. 288-301, jan./dez. 2009. Disponível em: https://goo.gl/c6vjHG. Acesso em: 1 ago. 2018.

CHERVEL, André. História das disciplinas escolares: reflexões sobre um campo de pesquisa. Teoria e Educação, Porto Alegre, n. 2, p 177-229, 1990.

CHOPPIN, Alain. Pasado y presente de los manuales escolares. Revista Educacíon y Pedagogia, Colombia, v. 13, n. 39-40, p. 209-229, jan./set. 2001. Disponível em: https://aprendeenlinea.udea.edu.co/revistas/index.php/revistaeyp/article/viewFile/7515/6918 Acesso em: 2 ago. 2018.

CHOPPIN, Alain. O Historiador e o livro escolar. Revista História da Educação, Pelotas, v. 6 n. 11. p. 5-24, jan./jun. 2002. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/asphe/article/view/30596/pdf. Acesso em: 2 ago. 2018.

DAVID, Henllyger Estevam, ORLANDO, Evelyn de Almeida. Educação familiar nos livros de leitura do Instituto de Educação do Paraná Erasmo Pilotto (1920/1960). In: CONGRESSO NACIONAL DE EDUCAÇÃO. Formação de professores, complexidade e trabalho docente. 12., 2015, Curitiba. Anais [...]. Curitiba, PR: PUCPR, 2015. Disponível em: https://goo.gl/WLZUPK. Acesso em: 24 jun. 2018.

FERREIRA, Nilce Vieira Campos. Escola de economia rural doméstica: ensino secundário profissionalizante no Triângulo Mineiro (1953-1997). 2012. 294 f. Tese (Doutorado em Educação) - Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal de Uberlândia, Minas Gerais, 2012.

FREITAS, Itamar. História regional para escolarização básica no Brasil: o livro didático em questão (2006/2009). São Cristóvão: UFS, 2009.

GATTI JUNIOR, Décio. Livro didático e ensino de história: dos anos sessenta aos nossos dias. 1998. 252 f. Tese (Doutorado em Educação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 1998.

HORTA, José Silvério Baia. O hino, o sermão e a ordem do dia: Regime autoritário e a educação no Brasil (1930-1945). Rio de Janeiro: Ed. UFRJ, 2012.

MENEZES, Hermeson Alves de. Do ponto ao traço: projeto editorial e aprendizagem nos livros didáticos de História de Sergipe (1973-2007). 2011. 63 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, 2011.

MONARCHA, Carlos. A instrução pública nas vozes dos portadores de futuros (Brasil - séculos XIX e XX). Uberlândia: EDUFU, 2016.

MUNAKATA, Kazumi. Produzindo livros didáticos e paradidáticos. 1997. 223f. Tese (Doutorado em Educação) - Programa de Pós-Graduação em Educação da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 1997.

OLIVEIRA, Iranilson Buriti. Leituras do sensível: escritos femininos e sensibilidades médicas no Segundo Império. Campina Grande: EDUFCG, 2011.

PERROT, Michelle. Minha história das mulheres. São Paulo: Contexto, 2015.

PERROT, Michelle. As mulheres ou os silêncios da história. Bauru: EDUSC, 2005.

PERROT, Michel. Os excluídos da história: operários, mulheres e prisioneiros. RJ: Paz e Terra,1988.

SERRANO, Isabel de Almeida. Noções de economia doméstica. São Paulo: Editora Nacional, 1946.

SERRANO, Isabel de Almeida Ramos. Memórias da fazenda da serra (1857-1987). Vitória, 2009. Disponível em: https://goo.gl/ucwNP4. Acesso em: 1 ago. 2018.

SOUZA, Marina G. Sampaio. Economia doméstica: terceira e quarta séries. 5. ed. São Paulo: Editora do Brasil S/A, 1957.

TOLEDO, Maria Rita de Almeida. Coleção atualidades pedagógicas: do projeto político ao projeto editorial (1931-1981). 2001. 338f. Tese (Doutorado em Educação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2001.

VECHIA, Ariclê; LORENZ, Karl Michael. Programa de ensino da escola secundária brasileira: 1850-1951. Curitiba: Edição do Autor, 1998.

Publicado
2019-08-30
Como Citar
ALVES, E.; ALMEIDA, S. Economia doméstica:. Quaestio - Revista de Estudos em Educação, v. 21, n. 2, p. 481-502, 30 ago. 2019.
Seção
Dossiê - Dimensões socio-histórico-culturais da educação escolar