Paradigmas educacionais em disputa nas escolas

organizações sociais de tipo operacional ou instituições sociais

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22483/2177-5796.2020v22n1p95-115

Palavras-chave:

Fundamentos da educação, Instituição escolar, Paradigma educacional.

Resumo

Fundamentado teoricamente no materialismo histórico-dialético, este artigo resulta de pesquisa bibliográfica e documental. O objetivo do texto é identificar conceitos que ajudem a responder quais paradigmas estão em disputa no processo de orientação do desenvolvimento das instituições escolares, particularmente as públicas. Desse modo, são apresentados, além dos conceitos de educação e de escola, os de instituição social, organização social de tipo operacional e de paradigma educacional crítico e não crítico. Como exercício de análise concreta de situação concreta, procedimento fundamental da epistemologia marxiana, os referidos conceitos são empregados na análise dos planos de governo dos candidatos que disputaram o segundo turno das eleições presidenciais de 2018 no Brasil. Entre as conclusões enunciadas, destaca-se a assertiva da centralidade do conceito de educação ao entendimento da tensão vivida nas escolas para se transformarem em organizações sociais de tipo operacional, elas que são instituições sociais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcos Francisco Martins, UFSCAR - Campus Sorocaba

Professor Associado da UFSCar (Universidade Federal de São Carlos) – DCHE (Departamento de Ciências Humanas e Educação), mestre e doutor em Educação pela Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), Líder do GPTeFE (Grupo de Pesquisa Teorias e Fundamentos da Educação), Editor do periódico Crítica Educativa e bolsista PQ-CNPq.

Referências

BIANCHI, Álvaro. Lênin e a filosofia: notas para uma leitura metodológica. Antítese, Goiânia, v. 5, p. 136-150, 2008. Disponível em: http://pensamentopolitico.com.br/Bianchi%202008%20Antitese.pdf. Acesso em: 29 jan.2019.

BOLSONARO, Jair Messias. O caminho da prosperidade - Proposta de Plano de Governo - 2018. Disponível em: https://abrilveja.files.wordpress.com/2018/10/plano-de-governo-jair-bolsonaro.pdf. Acesso em: 29 jan. 2019.

BRAUDEL Fernand. História e ciências sociais - a longa duração. Revista de História, São Paulo, v. 30, n. 62, abr./jun. 1965. Disponível em: https://webcache.googleusercontent.com/search?q=cache:MhE2bFjf9pkJ:https://www.revistas.usp.br/revhistoria/article/download/123422/119736+&cd=16&hl=pt-BR&ct=clnk&gl=br. Acesso em: 20 jan. 2019.

CHAUI, Marilena. A universidade operacional. Avaliação - Revista da Avaliação da Educação Superior, Campinas, Sorocaba, v. 4, n. 3 - Suplemento 01, jul. 1999. Disponível em: http://periodicos.uniso.br/ojs/index.php/avaliacao/article/view/1063. Acesso em: 07 fev. 2019.

COSSE, GUSTAVO. Voucher educacional: nova e discutível panaceia para a América Latina. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, n. 118, p. 207-246, mar. 2003. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/cp/n118/16835.pdf. Acesso em: 29 jan. 2019.

ENGELS, Friedrich. Sobre o papel do trabalho na transformação do macaco em homem. In: MARX, Karl; ENGELS, Friedrich. Obras escolhidas. São Paulo: Alfa-Ômega, s/d. p. 267-280. v. 2.

FREITAS, Luiz Carlos de. Bolsonaro propõe “vouchers” para a educação. Avaliação Educacional – Blog do Freitas. 03 out. 2018. Disponível em: https://avaliacaoeducacional.com/2018/10/03/bolsonaro-propoe-vouchers-para-a-educacao/comment-page-1/. Acesso em: 29 jan. 2019.

GRAMSCI, Antonio. Cadernos do cárcere. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1999. v. 1.

GROPPO. Luís Antonio. Comunidade, sociedade e integração sistêmica: as possibilidades de uma educação sócio-comunitária emancipatória. Comunicações, Piracicaba, v. 13, n. 2, p. 114-1 31, nov. 2016. Disponível em: https://www.metodista.br/revistas/revistas-unimep/index.php/comunicacoes/article/view/944/456. Acesso em: 09 jan. 2019.

HADDAD, Fernando. Plano de Governo 2019-2022: coligação o povo feliz de novo PT – PCDOB – PROS. 2018. Disponível em: https://abrilveja.files.wordpress.com/2018/10/plano-de-governo-fernando-haddad.pdf. Acesso em: 10 fev. 2019.

LAKATOS, Eva Maria. Sociologia geral I. 6. ed. rev. e ampl. Sao Paulo: Atlas, 1990.

LÊNIN, Vladimir I. Cadernos filosóficos. Buenos Aires: Ediciones Estudio, 1972.

MARTINS, Marcos Francisco. Pedagogia do engajamento: considerações sobre a desumanização e as possibilidades de sua superação. Práxis Educativa, Ponta Grossa, v. 3, n. 1, p. 55- 66, jan./jun. 2008. Disponível em: http://www.revistas2.uepg.br/index.php/praxiseducativa/article/view/343/351. Acesso em: 29 jan. 2019.

MARTINS, Marcos Francisco. La educación política a través de los movimientos sociales: notas sobre las protestas ocurridas en 2013 en Brasil. Revista Pasos, San José-Costa Rica, n. 161, p. 34-54, out./dez. 2013.

MARTINS, Marcos Francisco. “Escola sem Partido”: um partido contra o direito de aprendizagem. In: BATISTA, Eraldo Leme; ORSO, Paulino José; LUCENA, Carlos (orgs.). Escola sem partido ou a escola da mordaça e do partido único a serviço do capital. Uberlândia: Navegando Publicações, 2019. p. 97-129.

MARX, Karl. O capital: crítica da economia política. 17. ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1999.

MARX, Karl; ENGELS, Friedrich. A ideologia alemã. São Paulo: Moraes, 1984.

MORAES, Raquel de Almeida. As influências norte-americanas no golpe de 2016. In: LUCENA, Carlos, et al. A crise da democracia brasileira. Uberlândia: Navegando Publicações, 2017. v. 1. p. 63-78.

PIOLLI, Evaldo. Gerencialismo e heteronomia: o trabalho, a identidade e a saúde do diretor de escola frente às políticas e programas de qualidade da Secretaria de Educação de São Paulo. Disponível em: http://www.anpae.org.br/simposio26/1comunicacoes/EvaldoPiolli-ComunicacaoOral-int.pdf. Acesso em: 05 jan. 2019.

PONCE, A. Educação e luta de classe. 17. ed. São Paulo: Cortez, 2000.

PRONER, Carol et al. Comentários a uma sentença anunciada: o processo Lula. Bauru: Canal 6 Editora, 2017.

SAVIANI, Dermeval. Escola e democracia. São Paulo: Cortez; Autores Associados, 1983.

SAVIANI, Dermeval. Pedagogia histórico-crítica: primeiras aproximações. 3. ed. São Paulo: Cortez; Autores Associados, 1992.

SAVIANI, Dermeval. Trabalho e educação: fundamentos ontológicos e históricos. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, v. 12, n. 34, p. 152-180, jan./abr. 2007. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbedu/v12n34/a12v1234.pdf. Acesso em: 10 jan. 2019.

SAVIANI, Dermeval. O conceito dialético de mediação na pedagogia histórico-crítica em intermediação com a psicologia histórico-cultural. Germinal: marxismo e educação em debate, Salvador, v. 7, n. 1, p. 26-43, jun. 2015. Disponível em: https://portalseer.ufba.br/index.php/revistagerminal/article/view/12463. Acesso em: 27 jan. 2019.

Publicado

2020-04-15

Como Citar

MARTINS, M. F. Paradigmas educacionais em disputa nas escolas: organizações sociais de tipo operacional ou instituições sociais. Quaestio - Revista de Estudos em Educação, v. 22, n. 1, p. 95-115, 15 abr. 2020.

Edição

Seção

Dossiê - História, historiografia: políticas e práticas