O uso do Dojo na prática pedagógica do ensino de lógica de programação

Palavras-chave: Dojo., Educação profissional., Lógica de programação., Práticas pedagógicas.

Resumo

O objetivo deste trabalho foi analisar a contribuição do uso de softwares para o ensino de lógica, adotando-se o “Dojo” como prática pedagógica. Como investigação empírica, a pesquisa constitui um estudo de caso, na disciplina de Lógica de Programação do curso Técnico de Informática do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial do Estado de Sergipe. A partir da verificação sobre as dificuldades de aprendizagem dos estudantes, desenvolveu-se à experimentação do uso do Dojo como metodologia para o ensino. As análises foram feitas sob abordagem qualitativa, associando-se os dados obtidos na atividade pedagógica e os referenciais adotados no estudo. Os resultados apontaram a redução do número de faltas, a satisfação do aluno e a elevação da média nas avaliações da disciplina, constatando a viabilidade de adoção da prática experimentada para o sucesso na aprendizagem.

Biografia do Autor

Fabio Gomes Rocha, Universidade Tiradentes

Mestre em Ciências da Computação - UFS, Professor Adjunto 1 do Departamento de Computação da Universidade Tiradentes e pesquisador em Engenharia de Software, Software Livre, Educação a Distancia e tecnologia educacional.

Ester Fraga Vilas-Bôas Carvalho do Nascimento, Universidade Tiradentes

Professora do PPED (Mestrado/Doutorado em Educação) - Universidade Tiradentes.

Referências

BACHE, Emily. The coding DOJO handbook: a practical gruide to creatins a spacce where good programmers can become great programmers. Leanpub: Vancouver, 2013.
BIGGE, Morris L. Learning theories for teachers. New York: Harper & Row Publisher, 1982.
BOSSAVIT, L.; GAILLOT, E. The Coder’s Dojo: a different way to teach and learn Programming. In: INTERNACIONAL CONFERENCE ON AGILE SOFTWARE DEVELOPMENT XP, 6., 2005, Proceedings… Sheffield, 2005. p. 290-291.
BRASIL. Decreto nº 70.370, de 5 de abril de 1972. Cria a Comissão de Coordenação das Atividades de Processamento Eletrônico, e dá outras providências. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 6 abr. 1972a. Seção 1, p. 2990.
BRASIL. Conselho Federal de Educação. Parecer nº. 45, de 12 de janeiro de 1972. A qualificação para o trabalho no ensino de 2º grau. O mínimo a ser exigido em cada habilitação profissional. Documenta, Brasília, n. 134, p. 107-155, jan, 1972b.
BRAVO, Mariana, GOLDMAN, Alfredo. Reinforcing the learning of agile practices using coding Dojos. In: INTERNACIONAL CONFERENCE ON AGILE SOFTWARE DEVELOPMENT XP, 11, 2010, Proceedings... Trondheim, 2010. p. 379-380.
CABRAL, Maria Izabel Cavalvanti et al. A trajetória dos cursos de graduação da área de computação e informática: 1969-2006. Rio de Janeiro: SBC, 2008.
CODING DOJO. DOJO. Disponível em: . Acesso em: 12 nov. 2013.
DEWEY, John. Vida e educação. São Paulo: Melhoramentos, 1965.
DEWEY, John. Experience and education. New York: Touchstone, 1997.
ESTÁCIO, Bernardo José da Silva. Uma avaliação empírica sobre a aprendizagem colaborativa em conding dojo randori no contexto de desenvolvimento de software. 2017, 173f. Tese (Doutorado em Ciências da Computação) - Programa de Pós-Graduação em Ciências da Computação, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2017.
GAMEZ, Luciano. Psicologia da educação. Rio de Janeiro: LTC, 2013.
HEINONEN, Kenny et al. Learning agile software engineering practices using coding dojo. In: THE ANNUAL ACM SIGITE CONFERENCE ON INFORMATION TECHNOLOGY EDUCATION – SIGITE. 13., 2013. Proceedings… Orlando, 2013. p. 97-102.
INSTITUTO FEDERAL DE SÃO PAULO. Plano de Desenvolvimento Institucional 2014-2018. Disponível em: . Acesso em: 25 maio 2017.
KENSKI, Vania Moreira. Educação e tecnologias: o novo ativo da informação. Campinas: Papirus, 2007.
LI, Zen; PLAUE, Christopher; KRAEMER, Eileen. A spirit of camaraderie: the impact of pair programming on retention. In: SOFTWARE ENGINEERING EDUCATION CONFERENCE. 2013. Proceedings… San Francisco, 2013. p. 209-218.
LUZ, R. B.; SECA NETO, A. G. S.; NORONHA, R. V. Teaching TDD: the coding Dojo style. In: INTERNATIONAL CONFERENCE ON ADVANCED LEARNING TECHONOLOGIE. 2013. Proceedings… Beijing, 2013. p. 371-375.
MANZANO, José Augusto N. G.; OLIVEIRA, Jayr Figueiredo de. Algoritmos: lógica para desenvolvimento de programação. São Paulo: Érica, 2009.
PAPERT, Seymour. Mindstorms: children, computers, and powerful ideas. New York: Basic Books, 1980.
PIAGET, Jean. Six psychological studies. New York: Vintage Books, 1968.
PIMENTEL, E. P. et al. De computadores. In: WORKSHOP SOBRE EDUCAÇÃO EM COMPUTAÇÃO – SBC. 2003. Proceedings… Porto Alegre, 2003. p. 105-116.
RICE, J. R.; ROSEN, S. The Origins of Computing at Purdue University. In: RICE, John; DEMILLO, Richard A. Studies in computer science: in honor of Samuel D. Conte. New York: Springer Science, 1994. p. 31-44.
ROOKSBY, J.; HUNT, J.; WANG, X. The theory and practice of Randori Coding Dojos. In: INTERNATIONAL CONFERENCE ON AGILE SOFTWARE DEVELOPMENT XP, 15., 2014. Proceedings… Roma, 2014. p. 251-259.
SALLEH, Norsaremah; MENDES, Emilia; GRUNDY, John C. Empirical studies of pair programming for CS/SE teaching in higher education: A systematic literature review. IEEE Transactions on Software Engineering, Estados Unidos, v. 37, n. 4, p. 509–525, 2011.
SATO, D.; BRAVO, M.; CORBUCCI, H. Coding Dojo: an environment for learning and sharing Agile practices. In: AGILE CONFERENCE – IEEE. 2008. Proceedings… Toronto, 2008. p. 459-464.
SEBESTA, Robert. W. Concepts of programming language. 10. ed. Harlow: Pearson, 2013.
SCRATCH (SOFTWARE). Scratch. Massachusettes Institute of Technology (MIT). Disponível em: . Acesso em: 12 nov. 2013.
SILVEIRA, Zuleide Simas da. Contradições entre capital e trabalho: concepções de educação tecnológica na reforma do ensino médio e técnico. 2007. 311f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2007.
WORLDSKILLS. WorldSkills International History. Santo André: Ipsis Gráfica, 2010.
WORLDSKILLS. Site oficial de fotografias da WorldSkills. Disponível em: . Acesso em: 25 maio 2017.
YIN, Robert K. Case study research: design and methods. Califórnia: Sage, 2009.
Publicado
2018-08-15
Como Citar
ROCHA, F.; NASCIMENTO, E. O uso do Dojo na prática pedagógica do ensino de lógica de programação. Quaestio - Revista de Estudos em Educação, v. 20, n. 2, p. 441-453, 15 ago. 2018.
Seção
Artigos