A Institucionalização da Coordenação Pedagógica na Educação da Infância em São Caetano do Sul

Palavras-chave: Educação infantil., Coordenador pedagógico., Professor auxiliar de direção., Formação de professores.

Resumo

Esta pesquisa, de natureza qualitativa, analisou a atuação do Professor Auxiliar de Direção (Proaudi) nas escolas de educação infantil de São Caetano do Sul, no estado de São Paulo, a qual se revelou ligada à coordenação pedagógica. Os dados, obtidos por meio de entrevista semiestruturada e tratados na perspectiva da teoria fundamentada, conduziram a resultados que sinalizam que os Proaudi desenvolvem um trabalho efetivo de formação de professores e de acompanhamento da aprendizagem das crianças das escolas de educação infantil. Foi constatado também que os Proaudi, por vezes, realizam tarefas inerentes aos aspectos administrativos da gestão escolar, tal como ocorre com os coordenadores pedagógicos, mas, em volume bem menor quando comparada à dimensão pedagógica. Contudo, apesar da institucionalização do Proaudi entre os professores e gestores das escolas de educação infantil, a função não é regulamentada, motivo pelo qual a escolha dos candidatos se dá pela indicação dos diretores de escola, cujos critérios não são definidos previamente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Nonato Assis de Miranda, Universidade Municipal de São Caetano do Sul

Doutor em Educação Pela Unicamp; professor do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS).

Renata Maria Sobral, Universidade Municipal de São Caetano do Sul

Mestre em Educação pela Universidade Municipal de São Caetano do Sul; Professora da Educação Infantil de São Caetano do Sul, atuando no Centro de Capacitação de Profissionais da Educação (CECAP) de São Caetano do Sul.

Referências

ALVES, N. N. de L. Coordenação pedagógica na educação infantil: trabalho e identidade profissional na Rede Municipal de Educação de Goiânia. 2007. 290f. Tese (Doutorado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2007.

ALVES, N. N. de L.; BARBOSA, I. G. Identidade profissional da coordenação pedagógica na educação infantil. In: SIMPÓSIO BRASILEIRO, 25,; CONGRESSO IBERO-AMERICANO DE POLÍTICA E ADMINISTRAÇÃO DA EDUCAÇÃO, 2., São Paulo. Anais [...]. São Paulo, SP: PUC/SP, 2011. Disponível em: http://www.anpae.org.br/simposio2011/cdrom2011/PDFs/ trabalhosCompletos/comunicacoesRelatos/0415.pdf. Acesso em: 26 jul. 2017.

ATLAS DO DESENVOLVIMETNO HUMANO NO BRASIL. São Caetano do Sul: IDHM. Disponível em: http://www.atlasbrasil.org.br/2013/pt/perfil_m/sao-caetano-do-sul_sp. Acesso em: 10 dez. 2017.

BRASIL. IBGE - Conheça cidades e estados do Brasil. Brasília: IBGE. Disponível em: https://cidades.ibge.gov.br/brasil/sp/sao-caetano-do-sul/panorama. Acesso em: 10 dez. 2017.

BRASIL. LDB – Lei nº 9.394/96, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da Educação Nacional. Ministério de Educação. Brasília: MEC, 1996. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L9394.htm. Acesso em: 14 jul. 2017.

BRASIL. Lei Federal nº 11.301, de 10 de maio de 2006. Que altera o art. 67 da Lei no 9.394, de 20 de dezembro de 1996, incluindo, para os efeitos do disposto no § 5o do art. 40 e no § 8o do art. 201 da Constituição Federal, definição de funções de magistério. Disponível em: https://bit.ly/2HGLcRL. Acesso em: 14 de jun. 2017.

BRASIL. Ministério da Educação. Práticas cotidianas na educação infantil – bases para a reflexão sobre as orientações curriculares. 2009. Brasília: MEC, 2009. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/dmdocuments/relat_seb_praticas_cotidianas.pdf Acesso em: 13 maio 2019.

CAMPOS, E. F. E. Infância e práticas pedagógicas: reflexões na formação com professores. In: FRANCO, M. A. R. S.; GILBERTO, I. J. L.; CAMPOS, E. F. E. Práticas pedagógicas: pesquisa e formação. São Paulo: Loyola, 2017. p. 143-157.

CANÁRIO, R.; PIRES, C. M. C.; HADJI, C. Articulação entre as formações inicial e continuada de professores. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE QUALIDADE NA EDUCAÇÃO: FORMAÇÃO DE PROFESSORES, 1.; SIMPÓSIOS [do] CONGRESSO BRASILEIRO DE QUALIDADE NA EDUCAÇÃO: FORMAÇÃO DE PROFESSORES, 1., 2002, Brasília. Anais [...]. Brasília, DF: MEC, SEF, 2002. p. 151-174. v. 1.

CHRISTOV, L. H. da S. Teoria e prática: o enriquecimento da própria experiência. In: GUIMARÃES, A. et al. O coordenador pedagógico e a educação continuada. São Paulo: Loyola, 2012. p. 37-40.

CLEMENTI, N. A voz dos outros e a nossa voz: alguns fatores que intervêm na atuação do coordenador. In: ALMEIDA, L. R.; PLACCO, V. M. N. S. (orgs.). O coordenador pedagógico e o espaço da mudança. 4. ed. São Paulo: Loyola, 2005. p. 53-66.

CORBIN, J.; STRAUSS, A. Basics of qualitative research: techniques and procedures for developing grounded theory. 2. ed. London: Sage Publications. 1998.

CRESWELL, J. W. Educational research: planning, conducting, and evaluating quantitative and qualitative research. New Jersey: Merrill Prentice Hall. 2005.

CRESWELL, J. W. Investigação qualitativa e projeto de pesquisa: escolhendo entre cinco abordagens. 3. ed. Porto Alegre: Penso, 2014.

FOCHI, P. Afinal, o que os bebês fazem no berçário? Comunicação, autonomia e saber-fazer de bebês em um contexto de vida coletiva. Porto Alegre: Penso, 2015.

GARCEZ, P. de A. A coordenação pedagógica na educação infantil: a formação continuada e suas implicações na construção de subjetividades docentes. Rio de Janeiro: EdUECE, 2014.

GARCIA, P. S.; MIRANDA, N. A de. A gestão escolar e a formação docente: um estudo em escolas de um município paulista. RIAEE – Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 12, n. 4, p. 2210-2230, out./dez. 2017.

LIBÂNEO, J. C.; PIMENTA, S. G. Formação de profissionais da educação: Visão crítica e perspectiva de mudança. Educação & Sociedade, Campinas, v. 20, n. 68, dez. 1999.

MALAGUZZI, L. História, ideias e filosofia básica. In: EDWARDS, C.; GANDINI, L.; FORMAN, G. (orgs.). As cem linguagens da criança: a abordagem de Reggio Emilia na educação da primeira infância. Porto Alegre: Artmed, 1999. p. 59-104.

MENDES, A. C. B. Coordenação Pedagógica na educação infantil: processos investigativos e formação continuada na rede de ensino de Araçatuba. In: ENDIPE- Encontro Nacional de Didática e Práticas de Ensino, 16.; 2012, Campinas. Anais [...]. Campinas, SP: E- BOOKS DO XVI ENDIPE. Araraquara: Junqueira & Marin Editores, 2012. p. 001150-001159. v. 2.

MIRANDA, N. A.; MORAES, N. C. Avaliação de desempenho das escolas públicas da região do grande abc na perspectiva do IDEB. Interciência e Sociedade, Mogi Guaçu, v. 3, n. 1, p. 17-26, 2014.

MOYANO, J. A. O coordenador pedagógico e a formação continuada dos profissionais de creche: possibilidades e desafios. Cadernos de Educação, São Paulo, v. 14, n. 28, p. 72-89, 2015.

OSTETTO, L. E. O estágio curricular no processo de tornar-se professor. In: OSTETTO, L. E. (org.). Educação infantil: saberes e fazeres da formação de professores. 5. ed. Campinas: Papirus, 2012. p. 127-138.

PLACCO, V. M. N. de S.; ALMEIDA, L. R.; SOUZA, V. L. T. O coordenador pedagógico e a formação de professores: intenções, tensões e contradições. São Paulo: Fundação Carlos Chagas/ Fundação Victor Civita, 2011.

PLACCO, V. M. N. de S.; SOUZA, V. L. T.; ALMEIDA, L. R. O coordenador pedagógico: aportes à proposição de políticas públicas. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, v. 42 n. 147 p. 754-771, set./dez. 2012.

SÃO BERNARDO DO CAMPO. Lei nº 6.372, de 15 de dezembro de 2014. Dispõe sobre o estatuto e plano de carreira da educação básica do ensino público municipal. Disponível em: <https://bit.ly/2HWNTBU>. Acesso em: 30 jan. 2018.

SÃO CAETANO DO SUL. Educação. São Caetano do Sul: Seeduc. Disponível em: http://www.saocaetanodosul.sp.gov.br/secretarias/educacao.html. Acesso em: 10 dez. 2017.

SÃO PAULO. Resolução SE nº 75, de 30 de dezembro de 2014. Dispõe sobre a função gratificada de Professor Coordenador. Secretaria Estadual de Educação. Disponível em: http://siau.edunet.sp.gov.br/ItemLise/arquivos/75_14.HTM?Time=14/07/2017%2016:50:16. Acesso em: 14 jul. 2017.

SÃO PAULO. Decreto nº 54.453, de 10 de outubro de 2013. Fixa as atribuições dos Profissionais de Educação que integram as equipes escolares das unidades educacionais da Rede Municipal de Ensino. Secretaria Municipal de Educação. Disponível em: https://leismunicipais.com.br/a/sp/s/sao-paulo/decreto/2013/5445/54453/decreto-n-54453-2013-fixa-as-atribuicoes-dos-profissionais-de-educacao-que-integram-as-equipes-escolares-das-unidades-educacionais-da-rede-municipal-de-ensino. Acesso em: 19 jan. 2018.

SÃO PAULO. Proposta de formação - DOT - 2005. São Paulo: SME/DOT, 2005. Disponível em http://portal.sme.prefeitura.sp.gov.br/Educ-Inf--2012-a-2009. Acesso em: 19 jan. 2018.

SCHREIBER, S. Contribuições do coordenador pedagógico na educação infantil da rede municipal de ensino de Blumenau. 2011. Monografia (Especialização em Educação, Sociedade e Cultura) - Fundação Universidade Regional de Blumenau, Blumenau, 2011.

SILVA, L. G. A. da; SAMPAIO, C. L. Trabalho e autonomia do coordenador pedagógico no contexto das políticas públicas educacionais implementadas no Estado de Goiás. Ensaio: aval. pol. públ. Educ., Rio de Janeiro, v. 23, n. 89, p. 964-983, out./dez. 2015.

SOBRAL, R. M. O trabalho do professor auxiliar de direção (Proaudi) na educação infantil do município de São Caetano do Sul. 2018. Dissertação (Mestrado em Educação) - PPGE da Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS), São Caetano do Sul, 2018.

STANGHERLIM, R.; VERCELLI, L. de C. A.; SANTOS, E. Plano Nacional de Educação (PNE 2014-2024) e a formação inicial para a docência na educação infantil: análise exploratória de um curso de Pedagogia de uma universidade pública paulista. Eccos – Revista científica, São Paulo, n. 37, p.19-42, maio/ago. 2015.

TEIXEIRA, A. de B. A coordenação pedagógica na educação infantil em Belo Horizonte: a delimitação de suas funções e a sua efetivação no cotidiano escolar. 2015. 83f. Dissertação (Mestrado Profissional) – Programa de Pós-Graduação Profissional em Gestão e Avaliação da Educação Pública, Faculdade de Educação, Universidade Federal de Juiz de Fora, Juiz de Fora, 2015.

WALTRICK, R. E. de L. O coordenador pedagógico na educação infantil da rede municipal de educação de Florianópolis: marcas de uma experiência democrática. 2008. 178f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2008.

ZUMPANO, V. A. A.; ALMEIDA, L. R. A atuação do coordenador pedagógico na educação infantil. São Paulo: Loyola, 2012.

Publicado
2019-08-30
Como Citar
MIRANDA, N.; SOBRAL, R. A Institucionalização da Coordenação Pedagógica na Educação da Infância em São Caetano do Sul. Quaestio - Revista de Estudos em Educação, v. 21, n. 2, p. 559-582, 30 ago. 2019.
Seção
Seção Temática - Gestão Educacional