Imprensa pedagógica e profissionalização do magistério:

o caso do The American Journal of Education (1855-1881)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22483/2177-5796.2020v22n1p15-37

Palavras-chave:

The American Journal of Education, Imprensa pedagógica, Historiografia da educação.

Resumo

Com a renovação da historiografia da educação; jornais, revistas, periódicos, boletins, almanaques passaram a ser revalorizados por historiadores da educação, na medida em que reconheciam, neste tipo de documentação, possibilidades diversas para acessar e refletir a respeito dos debates promovidos e protagonizados por diversos agentes sociais, tais como professores, gestores, estudantes, grêmios e sociedades profissionais e científicas. Neste artigo, exploro o caso de uma revista produzida nos Estados Unidos da América, entre 1855 e 1881, com circulação no Brasil: The American Journal of Education. Com este estudo, procuro reconhecer a existência de um sistema de trocas de propostas e modelos educacionais, no plano intracontinental, aspecto ainda pouco explorado nos estudos relativos à chamada imprensa pedagógica. Com isto, procuro demonstrar que os circuitos de produção, validação, legitimação e apropriação de discursos que procuram especializar o debate pedagógico são complexos e não podem se reduzir às referências europeias, tampouco desconhecer as ações das instituições, saberes e dos atores sociais interessados em regular o funcionamento do aparato escolar, dentro e fora do Brasil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José Gonçalves Gondra, Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Mestre em Educação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, Doutor em Educação pela Universidade de São Paulo, com estágio de pós-doutoramento no Departamento de História da UNICAMP e na Divisão de História da École des Hautes Études en Sciences Sociales, de Paris. Professor Titular da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, tem experiência na área de Educação, com ênfase em História da Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: história da educação brasileira, educação no império, história da infância e historiografia.

Referências

ANDERSON, Benedict. Comunidades imaginadas: reflexões sobre a origem e difusão do nacionalismo. São Paulo: Companhia das Letras, 2008.

BRACCHI, Claudia. Anales de la educación común. Cuando la historia se hizo revista. Revista Anales de la Educación Común, Buenos Aires, v. 1, n. 1-2, 2005.

CACHAZO VASALLO, Alexia. Prensa pedagógica en Cataluña (1820-1939). 2015. 645p. Tese (Doutorado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade de Salamanca, Salamanca, 2015. Disponível em: https://gredos.usal.es/bitstream/handle/10366/132271/REDUCIDA_Prensa Pedag%F3gicaenCatalu%F1a.pdf;jsessionid=5D6DFBCB325C6E8ED7FE3F23AA15E02C?sequence=1. Acesso em 15 de julho de 2018.

CARVALHO, Marta. M. C. Livros e revistas para professores: configuração material do impresso e circulação internacional de modelos pedagógicos. In: PINTASSILGO, J.; FREITAS M. C.; MOGARRO, M. J.; CARVALHO, M. M. C. (orgs.). História da escola em Portugal e no Brasil: circulação e apropriação de modelos culturais. Lisboa: Edições Colibri/Centro de Investigação em Educação da Faculdade de Ciências da Universidade Lisboa, 2006. P. 141-175

CASPARD, Pierre; CASPARD, Pénélope. Imprensa pedagógica e formação contínua de professores primários (1815-1939). In: CATANI, Denice; BASTOS, Maria Helena C. (orgs.). Educação em revista: a imprensa periódica e a história da educação. São Paulo: Escrituras, 1997. p. 33-46.

CATANI, Denice. B.; SOUSA, Cynthia Pereira de. A geração de instrumentos de pesquisa em história da educação: estudos sobre revistas de ensino. In: VIDAL, Diana Gonçalves; HILSDORF, Maria Lúcia Spedo. (orgs.). Brasil 500 anos: tópicas em história da educação. São Paulo: Editora da USP, 2001. p. 241-254.

CATANI, Denice B.; BASTOS, Maria. Helena C. A educação em revista: a imprensa periódica e a história da educação. São Paulo: Escrituras, 1997.

CHARTIER, Roger. Origens culturais da revolução francesa. São Paulo: Editora UNESP, 2009.

DELGADO, Veronica. Algunas cuestiones críticas y metodológicas en relación con el estudio de las revistas. In: DELGADO, V.; MAILHE, A.; ROGERS, G. (coord.). Tramas impresas: publicaciones periódicas argentinas (XIX-XX). La Plata: EDULUP, 2014. p. 11-25.

DUTRA, Eliana F.; MOLLIER, Jean-Yves. (orgs.). Política, nação e edição: o lugar dos impressos na construção da vida política. Brasil, Europa e Américas nos séculos XVIII-XX. São Paulo: Annablume, 2006.

FARIA FILHO, Luciano M.; CHAMON, Carla. S.; ROSA, Walkíria M. Imprensa e Educação em Minas Gerais na primeira metade do século XIX: um estudo a partir do jornal O Universal (1825-1842). In: FARIA FILHO, Luciano Mendes; CHAMON, Carla S.; ROSA, Walquíria M. (orgs.). Educação elementar: Minas Gerais na primeira metade do século XIX. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2006. p. 11-30.

FOUCAULT, Michel. A ordem do discurso. São Paulo: Loyola, 1996.

GONDRA, José. O veículo de circulação da pedagogia oficial da República: a Revista Pedagógica. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, Brasília, v. 78, n. 188/189/190, p. 374-395, 1997.

GONDRA, José. Olhos na América: uma leitura dos relatórios de C. Hippeau. Educar em Revista, Curitiba, v. 1, n. 1, p. 161-186, 2002.

GONDRA, José. Soldados da instrução e a emergência da imprensa pedagógica na capital do Brasil (1877-1878). Revista Mexicana de Historia de la Educación, Ciudad do México, v. 3, p. 97- 117, 2015.

GONDRA, José. A emergência da escola. São Paulo: Cortez, 2018.

GONDRA, José; SCHUELER, Alessandra. Educação, poder e sociedade no Império Brasileiro. São Paulo: Cortez, 2008.

GONDRA, José; SUASNÁBAR, Juan. Revistas pedagógicas y gobierno (intenso, sutil y prolongado) del profesorado. Estados Unidos, Argentina y Brasil (1855-1881). Historia de la Educación - Anuario SAHE, Buenos Aires, v. 17, n. 1, p. 3-22, 2016.

HIPPEAU, Célestin. A instrução pública nos Estados Unidos: escolas públicas, collegios, universidades, escolas especiaes. Rio de Janeiro: Typographia Nacional, 1871a.

HIPPEAU, Célestin. A instrução pública nos Estados Unidos: escolas públicas, collegios, universidades, escolas especiaes. Diário Official do Imperio do Brasil, Rio de Janeiro, 1871b.

JASMIN, Marcelo. Alexis de Tocqueville: a historiografia como ciência da política. 2. ed. Belo Horizonte: UFMG; Rio de Janeiro: IUPERJ, 2005.

LIMEIRA, Aline M. Impressos: veículos de publicidades, fontes para História da Educação. Cadernos de História da Educação, Uberlândia, v. 11, n. 2, p. 367-388, jul./dez. 2012.

MOTT, Frank Lutther. Uma imprensa livre: a história do jornal nos Estados Unidos. Serviço de Divulgação e Relações Culturais dos Estados Unidos da América (s/d).

MOTT, Frank Lutther A history of american magazines (1741-1850). Massachusets: Harvard University Press, 1938a. v. I.

MOTT, Frank Lutther. A history of american magazines (1850-1865). Massachusets: Harvard University Press, 1938b. v. II.

MOTT, Frank Lutther. American journalism: a history of Newspapers in the United States through 260 years, 1690-1940. Revised edition. New York: Macmillan, 1941.

NERY, Ana C. B.; GONDRA, José. G. (orgs.). Imprensa pedagógica na Ibero-América: local, nacional e transnacional. São Paulo: Alameda, 2018.

NÓVOA, Antonio. A imprensa de educação e de ensino: repertório analítico (séculos XIX e XX). Lisboa: Instituto de Inovação Educacional, 1993.

PERICACHO GÓMEZ. Pasado y presente de la renovación pedagógica em España (de finales del Siglo XIX a nuestros días). Um recorrido a través de escuelas emblemáticas. Revista Complutense de Educación, Madri, Espanha, v. 25, n. 1, p. 47-67, 2014. Disponível em: http://dx.doi.org/10.5209/rev_RCED.2014.v25.n1.43309. Acesso em: 14 de novembro de 2019.

PINTASSILGO, Joaquim. Profissão, formação e pedagogia no jornal O Educador. In: NERY, Ana C. B.; GONDRA, José. G. (orgs.). Imprensa pedagógica na Ibero-América: local, nacional e transnacional. São Paulo: Alameda Editora, 2018.

QUINTANA, Mario. O Mapa. Disponível em http://www.casadobruxo.com.br/poesia/m/mapa.htm Acesso em: 13 nov. 2019.

SCHUELER, Alessandra F. M. A imprensa pedagógica e a educação de escravos e libertos na Corte Imperial: impasses e ambiguidades da cidadania na revista Instrução Pública (1871-1889). Cadernos de História da Educação, Uberlândia, p. 13-26, 2005b.

SCHUELER, Alessandra F. M. Representações da docência na imprensa pedagógica na Corte Imperial (1870- 1889). Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 31, n. 3, p. 379-39, set./dez, 2005a.

SENRA, Nelson. Estatísticas desejadas: 1822-c.1889. Rio de Janeiro: IBGE, 2006. (História das Estatísticas Brasileiras: 1822-2002, 1).

TEIXEIRA, Giselle Baptista. A imprensa pedagógica no Rio de Janeiro: os jornais e as revistas como agentes construtores da escola (1870 - 1919). 2016. 350p. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2016.

THE AMERICAN JOURNAL OF EDUCATION. London, v. 1, maio 1856. Disponível em: https://archive.org/details/americanjournalo01barnuoft/page/n6. Acesso em: 23 jul. 2018.

THE AMERICAN JOURNAL OF EDUCATION. London, v. 2, maio 1856. Disponível em: https://archive.org/stream/americanjournalo02hartuoft#page/n5/mode/2up. Acesso em: 23 jul. 2018.

THE WORLD EDUCATIONAL PRESS. The Phi Delta Kappan, Arlington, Virgínia, v. 32, n. 2, p. 63-93, out. 1950.

THURSFIELD, Richard Emmons. Henry Barnard’s American Journal of Education. Baltimore: The Johns Hopkins Press, 1945.

TOCQUEVILLE, Alexis de. A democracia na América. 4. ed. Belo Horizonte: Itatiaia, 1998.

TORRANO, Conrad Vilanou; GIL, Enric Prats; MANGUÁN, Isabel Vilafranca. Las revistas pedagógicas de la Universidad de Barcelona. Revista de psicologia i pedagogia (1933-1937) y Perspectivas pedagógicas (1958-1984). Una contribución al debate pedagógico contemporáneo. EDETANIA, Valencia, Espanha, supl. 50, p. 73-92, fev. 2017. Disponível em: https://dialnet.unirioja.es/servlet/articulo?codigo=6040101. Acesso em: 18 jul. 2018.

VIEIRA, Carlos Eduardo. Jornal diário como fonte e como tema para a pesquisa em História da Educação: um estudo da relação entre intelectuais, educação e modernidade. In: OLIVEIRA, Marcus Aurélio Taborda. (org.). Cinco estudos em história e historiografia da educação. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2007. p. 11-40.

VIEIRA, Carlos Eduardo, BONTEMPI JR., Bruno; OSINSKI, Dulce. História intelectual e educação: imprensa e esfera pública. Jundiaí: Paco, 2019.

WARDE, Mirian Jorge. Periodismo educacional: Estados Unidos, do século 19 às primeiras décadas do século 20. História da Educação, Santa Maria, v. 20, n. 48, p. 95-120, abr. 2016. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2236-34592016000100095&lng=en&nrm=iso . Acesso em: 18 jul. de 2018.

Publicado

2020-04-14

Como Citar

GONDRA, J. G. Imprensa pedagógica e profissionalização do magistério:: o caso do The American Journal of Education (1855-1881). Quaestio - Revista de Estudos em Educação, v. 22, n. 1, p. 15-37, 14 abr. 2020.

Edição

Seção

Dossiê - História, historiografia: políticas e práticas