Educação Ambiental e professores de Geografia

entrevistas narrativas sobre práticas didáticas

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22483/2177-5796.2021v23n3p663-676

Palavras-chave:

Ensino de geografia, Educação ambiental, Pesquisa narrativa.

Resumo

Este artigo é fruto de um estudo realizado em 2018, com o objetivo de evidenciar práticas pedagógicas e abordagens voltadas para a temática ambiental de professores dos cursos de licenciatura em Geografia. Como recurso metodológico na busca pela trajetória desses docentes o método escolhido foi a entrevista narrativa, por se mostrar um recurso da pesquisa qualitativa que permite combinar histórias de vida, motivações e compreender as ações desses docentes em sala de aula. Para sua realização foram entrevistados 35 professores lotados em diferentes instituições (ensino fundamental, médio e superior), oriundos das cinco regiões brasileiras. Os resultados da pesquisa buscam traçar, pela lente desses professores, um breve panorama do ensino da Educação Ambiental (EA) nos cursos de Geografia e contribuir para reflexão sobre novas práticas e processos de ensino e aprendizagem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eduardo Fausto Kuster Cid, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo

Professor Titular do Instituto Federal do Espírito Santo - IFES, professor permanente do Programa de Pós-Graduação em Ensino de Humanidades (PPGEH - IFES), Licenciado e Bacharel em Geografia (UFES), Mestre em Engenharia de Transportes/Gestão Ambiental (UFES), Doutor em Educação (UFAL) e Pós-doutor em Educação Ambiental (UFES). Vasta experiência na elaboração e análise de projetos ambientais, autor/coautor de livros e artigos científicos, produtor executivo do curta metragem Reno, líder do grupo de pesquisa Aracê, membro do conselho editorial da Edifes e da Editora Cousa. 

Referências

ALVES, Nilda. A narrativa como método na história do cotidiano escolar. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO, 1., 2000, Rio de Janeiro. Anais [...]. Rio de Janeiro: Editora da UERJ, 2000. p. 1-10.

ANDRADE, M. C. Geografia ciência da sociedade: uma introdução à análise do pensamento geográfico. São Paulo: Atlas, 1987.

BARCHI, R. Uma educação ambiental libertária. Rev. eletrônica Mestr. Educ. Ambiental, Rio Grande, v. 22, p. 69-85, jan./jul., 2009. Disponível em: https://periodicos.furg.br/remea/article/view/2819/1582. Acesso em: 20 abr. 2019.

BORGES, F. et al. O que esperar da escola e do professor. In: ANTUNES, A.; ABREU, J.; PADILHA, P. R. EAD Freiriana: artigos e projetos de intervenção produzidos durante o curso A escola dos meus sonhos. São Paulo: Instituto Paulo Freire, 2018. p. 13- 26. Disponível em: https://www.paulofreire.org/download/eadfreiriana/E-book_A_Escola_dos_meus_Sonhos.pdf. Acesso em: 12 mar. 2019.

CANDAU, V. M. Rumo a uma nova didática. 21. ed. Petrópolis: Vozes, 2011.

CLANDININ, D. J.; CONNELLY, F. M. Narrative and story in practice and research. In: SCHÖN, D. A. (ed.). The reflective turn: case studies in and on educacional practice. New York: Teachers College, 1991. p. 258-281.

FAZENDA, I. (org.). Didática e interdisciplinaridade. 8. ed. Campinas: Papirus, 2003,

LEFF, E. Saber ambiental: sustentabilidade, racionalidade, complexidade, poder. 7. ed. Petrópolis: Vozes, 2009.

MENDES, R.; VAZ, A. Educação Ambiental no ensino formal: narrativas de professores sobre suas experiências e perspectivas. Educ. rev. Belo Horizonte, v. 25, n. 3, p.395-411, dez. 2009. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-46982009000300019&lng= en&nrm=iso&tlng=pt. Acesso em: 20 abr. 2019.

MENDONÇA, F. Geografia física: ciência humana. 8. ed. São Paulo: Contexto, 2013.

MORAES, A. A. A. Historias de leitura em narrativas de professoras: alternativa de formação. Manaus: Univ. do Amazonas, 2000.

MUYLAERT, Camila Junqueira et al. Entrevistas narrativas: um importante recurso em pesquisa qualitativa. Rev Esc Enferm USP, São Paulo, n. 48, p. 193-199, 2014. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/reeusp/v48nspe2/pt_0080-6234-reeusp-48-nspe2-00184.pdf. Acesso em: 9 maio 2019.

NÓVOA, António. A formação tem de passar por aqui: as histórias de vida no projeto Prosalus. In: NÓVOA, António; FINGER, Matthias (org.). O método (auto)biográfico e a formação. Lisboa: Ministério da Saúde. Depart. dos Recursos Humanos da Saúde/Centro de Formação e Aperfeiçoamento Profissional, 1988. p. 107-129.

ONFRAY, M. A política do rebelde. Rio de Janeiro: Rocco, 2001.

REIGOTA, M. A. S. Cidadania e educação ambiental. Psicologia e Sociedade, Porto Alegre, v. 20, edição especial, p. 61-69, 2008. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-71822008000400009&lng=pt&tlng=pt. Acesso em: 9 maio 2019.

REIGOTA, M. A. S. O que é educação ambiental. 2. ed. São Paulo: Brasiliense, 2009.

SPINK, P. K. O pesquisador conversador no cotidiano. Psicologia e Sociedade, Porto Alegre, v. 20, edição especial, p. 70-77, 2008. Disponível em: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=309326473010. Acesso em: 12 abr. 2019.

STURMER, A. B. et al. Pensando a escola hoje: a era líquida, digital, o Brasil e a educação de relevância. In: ANTUNES, A.; ABREU, J.; PADILHA, P. R. EaD Freiriana: artigos e projetos produzidos durante o curso a escola dos meus sonhos. São Paulo: Instituto Paulo Freire, 2018. p. 27-42. Disponível em: https://www.paulofreire.org/download/eadfreiriana/E-book_A_Escola_dos_meus_Sonhos.pdf. Acesso em: 10 maio 2019.

SUERTEGARAY, D. M. A. Geografia física (?), geografia ambiental (?) ou geografia e ambiente (?). In: MENDONÇA, F.; KOZEL, S. (org.). Elementos de epistemologia da geografia contemporânea. Paraná: UFPR, 2002. p. 111-120.

Downloads

Publicado

2021-11-05

Como Citar

CID, E. F. K. . Educação Ambiental e professores de Geografia: entrevistas narrativas sobre práticas didáticas. Quaestio - Revista de Estudos em Educação, [S. l.], v. 23, n. 3, p. 663–676, 2021. DOI: 10.22483/2177-5796.2021v23n3p663-676. Disponível em: http://periodicos.uniso.br/ojs/index.php/quaestio/article/view/3658. Acesso em: 27 nov. 2021.

Edição

Seção

Dossiê - Práticas pedagógicas