Plano Nacional de Educação e a educação básica em Municípios das Regiões Meio-Oeste e Planalto Serrano Catarinenses

  • Ludimar Pegoraro Universidade Alto Vale do Rio do Peixe (UNIARP)
  • Mariangela Kraemer Lenz Ziede Universidade Alto Vale do Rio do Peixe (UNIARP)
  • Marialva Moog Pinto Universidade Alto Vale do Rio do Peixe (UNIARP)
Palavras-chave: Educação básica., Educação Básica. Desenvolvimento Regional. Meio-Oeste e Planalto Serrano Catarinenses. Santa Catarina., Desenvolvimento regional., Meio-Oeste e Planalto Serrano Catarinenses., Santa Catarina.

Resumo

O texto analisa o sistema de Educação Básica dos municípios pertencentes às Secretarias de Desenvolvimento Regional-SDRs de Santa Catarina, sediadas nos municípios de Caçador, Videira, Campos Novos e Curitibanos, compreendendo 26 municípios. As questões priorizadas pelo trabalho são: qual é a evolução do número de estudantes que frequentam as escolas de educação básica do Meio-Oeste e Planalto Serrano catarinenses, compreendendo as SDRs sediadas em Caçador, Videira, Campos Novos e Curitibanos? Como se dá a permanência desses estudantes nas diferentes etapas da educação básica? Através de pesquisa de campo realizada em 2014, o estudo mapeia a evolução de matrículas em cada SDR, município e escolas, identificando o número de estudantes em seus respectivos anos de escolaridade. Tomando o Plano Nacional de Educação (PNE/2014-2024) como base, a análise tem por finalidade elencar elementos que possibilitem a definição de políticas educacionais coletivas para a melhoria das instituições escolares, na perspectiva da permanência dos estudantes nas escolas, visando o desenvolvimento social nessa região. Na relação entre a educação, desenvolvimento sustentável e outros valores, ressalta-se a importância do desenvolvimento da consciência sobre a sustentabilidade do próprio desenvolvimento local e global.

Biografia do Autor

Ludimar Pegoraro, Universidade Alto Vale do Rio do Peixe (UNIARP)

Doutor em educação (UFRGS). Atualmente é docente e pesquisador na Universidade Alto Vale do Rio do Peixe (UNIARP). Coordenador e docente do Programa de Mestrado Acadêmico em Desenvolvimento e Sociedade e docente do Programa de Mestrado Profissional em Educação Básica da UNIARP, em Caçador-SC.

Mariangela Kraemer Lenz Ziede, Universidade Alto Vale do Rio do Peixe (UNIARP)

Doutora em Educação (UFRGS), Professora e Pesquisadora na Universidade Alto Vale do Rio do Peixe (UNIARP), em Caçador/SC

Marialva Moog Pinto, Universidade Alto Vale do Rio do Peixe (UNIARP)
Doutora em Educação (UNISINOS), Professora e Pesquisadora na Universidade Alto Vale do Rio do Peixe (UNIARP), em Caçador/SC.

Referências

ATLAS do Desenvolvimento Humano Brasil. 2013. Disponível em: . Acesso em: 15 fev. 2015.
BRASIL. CONAE. O PNE na articulação do Sistema Nacional de Educação: participação popular, cooperação federativa e regime de colaboração. Brasília: Ministério da Educação, 2014.
BRASIL. Constituição da república federativa do Brasil. Brasília: Senado Federal, 1988.
BRASIL. Lei de diretrizes e bases da Educação Nacional. Lei nº 9.394/96. Brasília: MEC, 1996.
BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão. Conselho Nacional da Educação. Diretrizes curriculares nacionais gerais da educação básica. Brasília: MEC, SEB, DICEI, 2013.
BRASIL. Planejando a próxima década: conhecendo as 20 metas do Plano Nacional de Educação. Brasília: Ministério da Educação, Secretaria de Articulação com os sistemas de Ensino (MEC/SASE), 2014.
BRASIL. Presidência da República. Emenda Constitucional Nº 59, de 11 de novembro de 2009. Disponível em: . Acesso em: 20 mar. 2016.
BRASIL. Presidência da República. Lei nº 13.005, de 25 de junho de 2014. Aprova o Plano Nacional de Educação (PNE). Disponível em: . Acesso em: 10 fev. 2015.
CURY, Carlos Roberto Jamil. A educação básica no Brasil. Educ. Soc., Campinas, v. 23, n. 80, p. 168-200, set. 2002. Disponível em: . Acesso em: 5 fev. 2015.
CURY, Carlos Roberto Jamil. O direito à educação: um campo de atuação do gestor educacional na escola. Brasília: MEC, 2011. Disponível em: . Acesso em: 12 fev. 2015.
MOTA, Ademar Benedito R. da. A história da municipalização do ensino no Brasil. In: JORNADA DO HISTEDBR, 7., 2007, Campo Grande, MT. Anais... Campo Grande: UNIDERP, 2007. Disponível em: . Acesso em: 20 maio 206.
PIAGET, Jean. Biologia e conhecimento: ensaio sobre as relações entre as regulações orgânicas e os processos cognoscitivos. Petrópolis: Vozes, 1973.
SANTA CATARINA (Estado). Um Caminho para a democracia participativa. Florianópolis: Cidade Futura, 2003.
SIGNIFICADO de sustentabilidade. Disponível em: . Acesso em: 20 fev. 2015.
WWF-BRASIL. O que é desenvolvimento sustentável? Disponível em: . Acesso em: 18 jul. 2017.
Publicado
2017-11-16
Como Citar
PEGORARO, L.; ZIEDE, M.; PINTO, M. Plano Nacional de Educação e a educação básica em Municípios das Regiões Meio-Oeste e Planalto Serrano Catarinenses. Quaestio - Revista de Estudos em Educação, v. 19, n. 3, p. 651-667, 16 nov. 2017.
Seção
Artigos