Concepções acerca da formação docente em química: desafios e possibilidades

Palavras-chave: Educação química., Formação docente., Racionalidade prática.

Resumo

A formação docente traz à tona inúmeros desafios para serem enfrentados num curso de formação universitária, e dentre eles está a constante tensão entre teoria e prática. Este trabalho tem como base as reformulações curriculares de um curso de Química Licenciatura de uma universidade comunitária do Rio Grande do Sul tendo como objetivo explorar as concepções estabelecidas pelos professores formadores, evidenciando desafios e possibilidades à formação docente. A pesquisa foi realizada com os professores envolvidos na reformulação curricular, que responderam a um questionário estruturado. O processo de análise foi realizado por meio da Análise Textual Discursiva. Os resultados são apresentados por figuras que contém as categorias que surgiram relacionando-as com as principais ideias emergentes. Entre esses, destacam-se a importância de desenvolver uma prática reflexiva ao longo da formação docente, ter disciplinas capazes de aliar saberes técnicos aos práticos e a necessidade do professor formador estar envolvido num processo de formação contínua.

Biografia do Autor

Lairton Tres, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Doutor em Educação em Ciências pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Programa de Pós-Graduação Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde (2018). Mestre em Educação pela Universidade de Passo Fundo (2005). Especialista em Engenharia Ambiental pela Universidade de Passo Fundo (2000). Graduado em Ciências Habilitação em Química pela Universidade de Passo Fundo (1998). Atualmente é professor adjunto da Área de Química da Universidade de Passo Fundo. 

José Claudio Del Pino, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Possui graduação em LICENCIATURA EM QUÍMICA pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (1975), graduação em QUÍMICA INDUSTRIAL pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (1975), especialização em QUÌMICA pela Universidade de Passo fundo (1978), especialização em ENSINO DE QUÍMICA pela Universidade de Caxias do Sul (1988), mestrado em Mestrado em Ciências Biológicas-Bioquímica pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1984), doutorado em Engenharia de Biomassa pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1994) e pós-doutorado pela Universidade de Aveiro-Portugal (2004). Atualmente é professor associado da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Professor-Orientador do PPG Educação em Ciência Química da Vida e Saúde e do PPG Química ambos da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Publicado
2019-04-30
Como Citar
TRES, L.; DEL PINO, J. Concepções acerca da formação docente em química: desafios e possibilidades. Quaestio - Revista de Estudos em Educação, v. 21, n. 1, p. 243-261, 30 abr. 2019.
Seção
Artigos