A escritora Anita Philipovsky

contribuições da literatura para a educação feminina nos Campos Gerais, PR

Palavras-chave: Anita Philipovsky, Educação Feminina, Primeira República.

Resumo

Este artigo tem como objetivo analisar as condições materiais que favoreceram a projeção de Anita Philipovsky no campo da literatura. A poetisa pontagrossense fez parte do grupo das escritoras pioneiras no Paraná, publicou seus textos de forma notória no período de 1910 a 1930. Estes, defendiam a ampliação das possibilidades de ensino para as mulheres, na medida em que estas, deveriam ter acesso a outros cursos, além da formação para o magistério. Por sua atuação na sociedade em defesa da educação feminina, a poetisa pode ser compreendida como uma exceção entre as mulheres de seu tempo, na medida em que contrariou os padrões esperados de uma mulher da sociedade republicana: não se casou e não teve filhos. A trajetória intelectual da poetisa e a defesa da educação feminina são analisadas a partir da consulta em fontes primárias que permitem identificar fatores que contribuíram para sua projeção na sociedade, como o círculo social que frequentava, as condições materiais favoráveis para custear sua formação e a influência do pai na literatura.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Loraine Lopes de Oliveira, UEPG

Possui graduação em Licenciatura em História, e Licenciatura em Pedagogia pela Universidade Estadual de Ponta Grossa - UEPG, Especialização em Psicopedagogia Clínica e Institucional pelo Centro de Ensino Superior dos Campos Gerais - CESCAGE. Mestrado em Educação pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), na linha de pesquisa de História e Políticas Educacionais. É Integrante do Grupo de Estudos e Pesquisas " História, Sociedade e Educação nos Campos Gerais"- PR - HISTEDBR - UEPG.

Vera Lucia Martiniak, Universidade Estadual de Ponta Grossa - UEPG

 Mestre em Educação pela Universidade Estadual de Ponta Grossa, doutora em Educação, na linha de concentração em História, Filosofia e Educação pela Universidade Estadual de Campinas-UNICAMP. Atualmente é professora permanente do Programa de Pós-Graduação em Educação da UEPG na linha de História e Políticas Educacionais e pesquisadora do Grupo de Estudos e Pesquisas História Sociedade e Educação-HISTEDBR da Universidade Estadual de Campinas-UNICAMP. Professora da pós-graduação na disciplina de Pedagogia Histórico-crítica, Fundamentos e Políticas Públicas.

Referências

ACERVO DE CONCESSÃO DE TERRAS DE PONTA GROSSA. Casa da Memória de Ponta Grossa. Ponta Grossa, PR: Prefeitura de Ponta Grossa. 21 de janeiro de 1909a.

ACERVO DE CONCESSÃO DE TERRAS DE PONTA GROSSA. Casa da Memória de Ponta Grossa. Ponta Grossa, PR: Prefeitura de Ponta Grossa. 18 de dezembro de 1909b.

ACERVO DE CONCESSÃO DE TERRAS DE PONTA GROSSA. Casa da Memória de Ponta Grossa. Ponta Grossa, PR: Prefeitura de Ponta Grossa. 26 de fevereiro de 1926.

ARTES na web. Disponível em: http://www.artesnaweb.com.br/index.php?pagina=home&abrir=arte&acervo=448. Acesso em: 26 mar. 2018.

AUGSTEN, P.; SILVA, M. L. B. da. Tapejara – apolítico e independente: porta-voz do primeiro centro cultural de Ponta Grossa. In: CONGRESSO NACIONAL DA HISTÓRIA DA MÍDIA, 11., 2008, Niterói. Niterói, RJ. Anais [...]. Niterói, RJ: Mídia Alternativa, 2008. p.1-12.

BUENO, A. P. Educação e participação política: a visão de formação feminina de Mariana Coelho (1893-1940). 2010. 124p. Dissertação (Mestrado em Educação) - Programa de Pós-graduação em Educação, Universidade Federal do Paraná. Curitiba, 2010.

CHAVES, N. B. Entre “preceitos” e “conselhos”: discursos e práticas de médicos-educadores em Ponta Grossa/PR (1931 – 1953). 2011. 298p. Tese (Doutorado em Educação) - Programa de Pós-graduação em Educação, Universidade Federal do Paraná. Curitiba, 2011.

CHAVES, N. B. Os “problemas citadinos” em uma “cidade civilizada”: estratégias discursivas de um intelectual polivalente no jornal Diário dos Campos – Ponta Grossa (década de 1930). In: CONGRESSO INTERNACIONAL DE HISTÓRIA UEPG-UNICENTRO, 2., 2015, Ponta Grossa. Ponta Grossa, PR. Anais [...]. Ponta Grossa, PR: UEPG, 2015. p. 1-12.

DEL PRIORE, M. Histórias e conversas de mulher. 2. ed. São Paulo: Planeta, 2014.

DIARIO DOS CAMPOS. Ponta Grossa, ano 9, n. 1508, 4 dez. 1915.

DIARIO DOS CAMPOS. Ponta Grossa, ano 10, n. 1698, 2 ago. 1916.

DIARIO DOS CAMPOS. Ponta Grossa, ano 12, n. 2282, 7 jan. 1919a.

DIARIO DOS CAMPOS. Ponta Grossa, ano 12, n. 2300, 1 fev. 1919b.

DIÁRIO DOS CAMPOS. Ponta Grossa, ano 14, n. 2825, 1 jun. 1921.

FREITAS, D. O capitalismo pastoril. Porto Alegre: São Lourenço de Brindes, 1980.

MARX, K.; ENGELS, F. A ideologia alemã. São Paulo: Boitempo, 2007.

NASCIMENTO, M. I. M. A primeira Escola de Professores dos Campos Gerais – PR. 2004. 223p. Tese (Doutorado em Educação) - Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas. Campinas, 2004.

NOVAES, P. A Fundação de Ponta Grossa. Ponta Grossa, PR: Prefeitura Municipal de Ponta Grossa, Impressora Pontagrossense, 1943.

PARANÁ. Decreto nº 93 de 11 de março de 1901. Regulamento da Instrucção Pública do Estado do Paraná. Leis, Decretos e Regulamentos do Estado do Paraná, 1901. Curitiba: Typ. da Penitenciaria do Ahú, 1901.

PERROT, M. Minha história das mulheres. São Paulo: Contexto, 2007.

O PROGRESSO. Ponta Grossa, ano 3, n. 245, 8 jan. 1910.

O PROGRESSO. Ponta Grossa, ano 4, n. 386, 9 mar. 1911a.

O PROGRESSO. Ponta Grossa, ano 5, n. 440, 22 jul. 1911b.

O PROGRESSO. Ponta Grossa, ano 5, n. 548, 16 abr. 1912a.

O PROGRESSO. Ponta Grossa, ano 6, n. 586, 16. jul. 1912b.

O PROGRESSO. Ponta Grossa, ano 6, n. 594, 6 ago. 1912c.

O PROGRESSO. Ponta Grossa, ano 6, n. 595, 08 ago. 1912d.

O PROGRESSO. Ponta Grossa, ano 6, n. 628, 26 out. 1912e.

O PROGRESSO. Ponta Grossa, ano 6, n. 647, 10 dez 1912f.

SANTOS, L. C. Anita Philipovsky: a princesa dos campos. Ponta Grossa: UEPG. 2002.

TRINDADE, E. M. de C. Clotildes ou Marias: mulheres de Curitiba na Primeira República. Curitiba: Fundação Cultural, 1996.

WACHOWICZ, R. C. História do Paraná. Curitiba: UEPG, 2010.

WALDMANN, I. M. Reconstruindo a História dos Campos Gerais: biografia de Carlos Leopoldo Philipowski. 2013. Disponível em: http://isoldemariawaldmann.blogspot.com/2013/03/biografia-de-carlos-leopoldo-philipowski.html Acesso em: 26 mar. 2018.

Publicado
2019-12-10
Como Citar
OLIVEIRA, L. L. DE; MARTINIAK, V. L. A escritora Anita Philipovsky: contribuições da literatura para a educação feminina nos Campos Gerais, PR. Quaestio - Revista de Estudos em Educação, v. 21, n. 3, p. 883-899, 10 dez. 2019.
Seção
Artigos de Demanda