A escritora Anita Philipovsky

contribuições da literatura para a educação feminina nos Campos Gerais, PR

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22483/2177-5796.2019v21n3p883-899

Resumo

Este artigo tem como objetivo analisar as condições materiais que favoreceram a projeção de Anita Philipovsky no campo da literatura. A poetisa pontagrossense fez parte do grupo das escritoras pioneiras no Paraná, publicou seus textos de forma notória no período de 1910 a 1930. Estes, defendiam a ampliação das possibilidades de ensino para as mulheres, na medida em que estas, deveriam ter acesso a outros cursos, além da formação para o magistério. Por sua atuação na sociedade em defesa da educação feminina, a poetisa pode ser compreendida como uma exceção entre as mulheres de seu tempo, na medida em que contrariou os padrões esperados de uma mulher da sociedade republicana: não se casou e não teve filhos. A trajetória intelectual da poetisa e a defesa da educação feminina são analisadas a partir da consulta em fontes primárias que permitem identificar fatores que contribuíram para sua projeção na sociedade, como o círculo social que frequentava, as condições materiais favoráveis para custear sua formação e a influência do pai na literatura.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Loraine Lopes de Oliveira, UEPG

Possui graduação em Licenciatura em História, e Licenciatura em Pedagogia pela Universidade Estadual de Ponta Grossa - UEPG, Especialização em Psicopedagogia Clínica e Institucional pelo Centro de Ensino Superior dos Campos Gerais - CESCAGE. Mestrado em Educação pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), na linha de pesquisa de História e Políticas Educacionais. É Integrante do Grupo de Estudos e Pesquisas " História, Sociedade e Educação nos Campos Gerais"- PR - HISTEDBR - UEPG.

Vera Lucia Martiniak, Universidade Estadual de Ponta Grossa - UEPG

 Mestre em Educação pela Universidade Estadual de Ponta Grossa, doutora em Educação, na linha de concentração em História, Filosofia e Educação pela Universidade Estadual de Campinas-UNICAMP. Atualmente é professora permanente do Programa de Pós-Graduação em Educação da UEPG na linha de História e Políticas Educacionais e pesquisadora do Grupo de Estudos e Pesquisas História Sociedade e Educação-HISTEDBR da Universidade Estadual de Campinas-UNICAMP. Professora da pós-graduação na disciplina de Pedagogia Histórico-crítica, Fundamentos e Políticas Públicas.

Publicado

2019-12-10

Como Citar

OLIVEIRA, L. L. DE; MARTINIAK, V. L. A escritora Anita Philipovsky: contribuições da literatura para a educação feminina nos Campos Gerais, PR. Quaestio - Revista de Estudos em Educação, v. 21, n. 3, 10 dez. 2019.

Edição

Seção

Artigos de Demanda