A história da criação e organização dos primeiros jardins de infância no estado do Paraná

Autores

  • Jaqueline Delgado Paschoal
  • Maria Cristina Gomes Machado

Resumo

Esta pesquisa tem como objetivo analisar a proposta pedagógica dos primeiros Jardins de Infância no estado do Paraná, no início da República, tomando-se por base o Método Histórico. A demarcação temporal iniciou-se no ano de 1906, quando foi criado o primeiro Jardim de infância, e se estende até 1911, período em que foi aprovada a segunda instituição nesse estado. O estudo concentrou-se na cidade de Curitiba, nos seguintes setores: Divisão de Documentação Paranaense da Biblioteca Pública; Departamento Estadual de Arquivo Público do Paraná e Casa da Memória. Os resultados apontam que essas primeiras instituições faziam parte do projeto republicano do início do século XX, já que foram criadas e organizadas no âmbito dos grupos escolares para que atendessem aos objetivos de progresso e modernidade do estado. Por esse motivo, do ponto de vista pedagógico, apresentaram opções metodológicas diferenciadas, pois, enquanto a primeira optou pela proposta froebeliana de trabalho, que priorizava as brincadeiras em sala de aula, a segunda buscou como referencial a metodologia montessoriana, que propõe uma organização curricular de acordo com o desenvolvimento infantil. Em suma, independentemente das particularidades de cada instituição, esses espaços garantiram vivências educativas, configurando-se como ambientes de aprendizagens por meio da organização do trabalho pedagógico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2015-06-09

Como Citar

PASCHOAL, J. D.; MACHADO, M. C. G. A história da criação e organização dos primeiros jardins de infância no estado do Paraná. Quaestio - Revista de Estudos em Educação, Sorocaba, SP, v. 17, n. 1, 2015. Disponível em: https://periodicos.uniso.br/quaestio/article/view/2228. Acesso em: 3 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos