Diálogo e colaboração em Reunião em Espaço Aberto:

formação continuada online com Scratch

  • Miriam Brum Arguelho Universidade Católica Dom Bosco
  • Maria Cristina Lima Paniago Universidade Católica Dom Bosco
Palavras-chave: Metodologia de Reunião em Espaço Aberto – OST., Formação continuada de professores., Scratch., Colaboração., Diálogo.

Resumo

O presente artigo apresenta a utilização da Metodologia de Reunião em Espaço Aberto (OST) no contexto de uma formação continuada online com Scratch a qual se intitulou “Programando e Aprendendo com o Scratch”. Tal formação problematizou conhecimentos e saberes relacionados às tecnologias educacionais e utilizou-se da metodologia de Reunião em Espaço Aberto a qual se mostrou  como uma interface que desafia os participantes a resolver problemas de forma colaborativa e dialógica. A metodologia de Reunião em Espaço Aberto, ou Open Space–OST, foi criada ou “iniciada” pelo estadunidense Harisson Owen em 1997 e apresenta a junção de elementos de várias culturas ancestrais, como o caso do “bastão de falar” presente nas reuniões de círculo nas aldeias africanas, indígenas e em aldeias no interior de Portugal, os “jornais de parede, ou mercados tradicionais” presentes em culturas medievais e contemporâneas, o “respeito pelo outro” das culturas orientais. A partir dos desafios propostos aos professores no espaço aberto, foram produzidos vídeos com músicas, mapas conceituais, paródias, poesias e histórias animadas com o Scratch. Ao fim de cada atividade os participantes eram convidados a produzir uma narrativa crítico-reflexiva sobre a experiência vivenciada. A experiência descrita é parte de uma pesquisa de doutorado em Educação, em andamento e conta com o financiamento integral por meio de bolsa PROSUP/CAPES.

Biografia do Autor

Maria Cristina Lima Paniago, Universidade Católica Dom Bosco

Doutora em Educação

Referências

BARROS, Leliane Nunes; PEREIRA, Valquiria Fenelon. Robótica: usando robôs Lego Mindstorm em sala de aula. In: COBENGE CONGRESSO BRASILEIRO DE EDUCAÇÃO EM ENGENHARIA, 41., 2013, Canelas, RS. [Anais...] Canelas: UFRGS, 2013. Disponível em: . Acesso em: 12 set. 2017.
CARNEIRO, Mara Lucia Fernandes. Videoconferência: ambiente para educação a distância. Workshop Informática na Educação - PGIE/UFRGS, 1999. Disponível em: . Acesso em: 12 set. 2017.
DINIZ, Margareth; NUNES, Célia; CUNHA, Carla; AZEVEDO, Ana Lúcia de Faria e. A formação e a condição docente num contexto de complexidade e diversidade. Formação Docente: revista brasileira de pesquisa sobre formação docente, Belo Horizonte, v. 3, n. 4, p. 13-22, jan./jul. 2011.
FIGUEIREDO, Antônio Dias. A pedagogia dos contextos de aprendizagem. Revista e-Curriculum, São Paulo, v. 14, n. 3, p. 809-836, jul./set. 2016.
FREIRE, Ana Maria Araújo. Pedagogia dos sonhos possíveis. São Paulo: Paz e Terra, 2001.
FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. São Paulo: Paz e Terra, 1987.
FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. 25. ed. São Paulo: Paz e Terra, 1996.
FREIRE, Paulo. Política e educação. São Paulo: Cortez, 1993.
FREIRE, Paulo; FAUNDEZ, Antonio. Por uma pedagogia da pergunta. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1985. Coleção Educação e Comunicação v. 15.
IMBERNÓN, Francisco. Formação docente e profissional: formar-se para a mudança e a incerteza. 6. ed. São Paulo: Cortez, 2006.
JOSSO, Marie-Christine. Experiências de vida e formação. São Paulo: Cortez, 2007.
LOPES, Maria Cristina P.; SANTOS, Rosimeire M. R. Misturar, inventar, acreditar: possibilidades de formação continuada no Facebook. In: PORTO, C.; SANTOS, E. (Orgs.). Facebook e educação: publicar, curtir, compartilhar. Campina Grande: EDUEPB, 2014.
MARQUES, Maria Teresa P. M. Recuperar o engenho a partir da necessidade, com recurso às tecnologias educativas: contributo do ambiente gráfico de programação Scratch em contexto formal de aprendizagem. 2009. Dissertação (Mestrado) - Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação, Universidade de Lisboa, Lisboa: Portugal, 2009.
MONROY-HERNÁNDEZ, A. ScratchR: sharing user-generated programmable media. In: INTERNATIONAL CONFERENCE ON INTERACTION DESIGN AND CHILDREN, 6th., june 6-8, 2007, Aalborg: Denmark. Anales... Aalborg: Dinamarca, June 6-8, 2007.
MONROY-HERNÁNDEZ, A. Empowering kids to create and share programmable media. Interactions magazine of the ACM, New York, EUA, v. 15, n. 2, p. 50-53, mar./abr. 2008. Disponível em: . Acesso em: 12 set. 2017.
SANTOS, Raimundo Nonato Ribeiro, COELHO, Odete Mayra Mesquita; SANTOS, Kleber Lima dos. Utilização das ferramentas google pelos alunos do centro de Ciências sociais aplicadas da UFPB. MPGOA, João Pessoa, v. 3, n. 1, p. 87-108, 2014.
SILVA, Artur. Fundamentos da metodologia de reunião em espaço aberto. Sintra, Portugal: I-OST Instituto da Reunião em Espaço Aberto – I-OST, 2001. Disponível em: . Acesso em: 12 set. 2017.
ZIBAS, Dagmar. Paulo Freire e a pedagogia do oprimido trinta anos depois. Cad. Pesquisa, São Paulo, n. 88, p. 78-88, fev. 1994.
Publicado
2017-11-16
Seção
Artigos