Cartografia dos Corpos Estranhos: Narrativas Ficcionais das Homossexualidades no Cotidiano Escolar

Autores

  • Eder Rodrigues Proença Rede Pública Estadual de São Paulo

Resumo

A pesquisa tem por objeto de estudo as conversas do/no cotidiano escolar, que abordam temas caros à contemporaneidade e constituem-se solo fértil para a reflexão e o trabalho pedagógico que buscam ampliar o sentido de cidadania e a desconstrução de representações preconceituosas da homossexualidade, possibilitando a alteridade entre os diferentes sujeitos; também tem o intuito de trazer à cena questões das homossexualidades e os desdobramentos que delas emergem e se relacionam com o nosso corpo3 no cotidiano escolar, contribuindo para a constituição de novas identidades – mais híbridas e menos fixas4; num esforço para desconstruir a situação marginal dos chamados corpos estranhos – tidos como desviantes –, chamando-os para assumir uma posição de cidadão/cidadã responsáveis por suas histórias individuais e/ou coletivas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

14-09-2010

Como Citar

PROENÇA, E. R. Cartografia dos Corpos Estranhos: Narrativas Ficcionais das Homossexualidades no Cotidiano Escolar. Quaestio - Revista de Estudos em Educação, Sorocaba, SP, v. 12, n. 1, 2010. Disponível em: https://periodicos.uniso.br/quaestio/article/view/186. Acesso em: 1 fev. 2023.

Edição

Seção

Dissertação