Tempos e espaços escolares: escolas étnicas no sul do Brasil

Autores

  • Vania Regina Boschetti

Resumo

O artigo apresenta a criação e o desenvolvimento das escolas étnicas nas comunidades de imigração italiana e alemã no sul do Brasil. Destaca a preocupação das famílias pela escolarização das crianças e dos jovens e as iniciativas tomadas para a estruturação dos primeiros núcleos educacionais. Mostra também o papel das sociedades comunitárias na vida dos imigrantes e a ação decisiva que desempenharam na realização do projeto educativo, na manutenção efetiva das instituições escolares, na preservação da cultura original dos grupos e na consolidação do processo de colonização que se desenvolveu no país.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

BOSCHETTI, V. R. Tempos e espaços escolares: escolas étnicas no sul do Brasil. Quaestio - Revista de Estudos em Educação, [S. l.], v. 16, n. 2, 2014. Disponível em: https://periodicos.uniso.br/quaestio/article/view/2087. Acesso em: 17 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos