Conceitos de aprendizagem, cinema e Film Literacy no documentário Ilha das Flores (1989)

Autores

  • Pamela de Bortoli Machado Universidade Estadual de Campinas
  • Fábio Nauras Akhras Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.22483/2177-5796.2017v19n2p347-362

Resumo

Este artigo explora as potencialidades do cinema quando proposto por um viés de aprendizagem. De tal forma que utilizamos processos de aprendizagem vinculados a exemplos extraídos do filme, que são capazes de gerar algum tipo de aprendizado. A ideia é que a partir de fragmentos do documentário, aqui no caso ilustrado por Ilha das Flores (1989), possamos visualizar como pode ocorrer um diálogo entre o cinema e os preceitos do que chamamos de Filme-educação, bem como os processos de aprendizagem indicados por Akhras, resultando em uma exemplificação da potencialidade de aprendizagem pelo cinema e possibilidades de discussões para com o filme.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Pamela de Bortoli Machado, Universidade Estadual de Campinas

Doutoranda em Multimeios na Unicamp. Mestre em Multimeios pela mesma Instituição. Pesquisadora acerca de film literacy e como se dá sua aplicação em metodologias.

Fábio Nauras Akhras, Universidade Estadual de Campinas

Doutor em Educação pela University of Leeds. Professor do PPGCOM de Multimeios da Unicamp e coordenador do Laboratório de Tecnologias do CTI Renato Archer.

Aplicação de conceitos de aprendizagem pelo cinema e Film Literacy no documentário Ilha das Flores (1989)

 

Publicado

04-09-2017

Como Citar

MACHADO, P. de B.; NAURAS AKHRAS, F. Conceitos de aprendizagem, cinema e Film Literacy no documentário Ilha das Flores (1989). Quaestio - Revista de Estudos em Educação, Sorocaba, SP, v. 19, n. 2, 2017. DOI: 10.22483/2177-5796.2017v19n2p347-362. Disponível em: https://periodicos.uniso.br/quaestio/article/view/2616. Acesso em: 4 fev. 2023.

Edição

Seção

Artigos