Educação e Políticas Públicas

engrenagens biopolíticas de um governo neoliberal

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22483/2177-5796.2024v26id5257

Palavras-chave:

políticas públicas educacionais, biopolítica, neoliberalismo.

Resumo

A escrita problematiza as políticas públicas educacionais a partir das lentes de Michel Foucault no que se refere as estratégias de poder. Trata-se de realizar um estudo teórico sobre o campo educacional e seu alinhamento a um governo biopolítico sob uma racionalidade neoliberal. Utiliza-se como ferramenta metodológica a pesquisa bibliográfica e opera-se com o conceito de problematização para tensionar as engrenagens de poder que consolidam e dão solo para fabricação das políticas públicas educacionais. Apresenta-se as primeiras análises operadas a partir da Base Nacional Comum Curricular de modo a suscitar questionamentos acerca dos alinhamentos e governamentos que incidem sob os sujeitos escolares. Conclui-se com esta escrita que há um governamento de condutas e de subjetividades através da política pública educacional, servindo a interesses neoliberais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mirian Pureza, Universidade Federal do Rio Grande - FURG

Doutoranda em Educação em Ciências pela Universidade Federal do Rio Grande - FURG. Mestre em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande - FURG. Licenciada em Pedagogia pela Universidade Estadual Vale do Acaraú. 

Paula Corrêa Henning, Universidade Federal do Rio Grande - FURG

Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Católica de Pelotas, Mestre em Educação pela Universidade Federal de Pelotas, Doutora em Educação pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos e Pós-Doutorado em Filosofia pela Univeridad de Murcia/Espanha. Atualmente é professora associada IV; pesquisadora do Instituto de Educação, do Programa de Pós-graduação em Educação Ambiental e do Programa de Pós-Graduação Educação em Ciências da Universidade Federal do Rio Grande (FURG). 

Downloads

Publicado

11-06-2024

Como Citar

PUREZA, Mirian; HENNING, Paula Corrêa. Educação e Políticas Públicas: engrenagens biopolíticas de um governo neoliberal. Quaestio - Revista de Estudos em Educação, Sorocaba, SP, v. 26, p. e024010, 2024. DOI: 10.22483/2177-5796.2024v26id5257. Disponível em: https://periodicos.uniso.br/quaestio/article/view/5257. Acesso em: 14 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos de Demanda