Pesquisa com crianças:

possibilidades e desafios de participação

Palavras-chave: Sociologia da infância., Pesquisa com crianças., Pesquisa etnográfica.

Resumo

Com base no construto teórico da Sociologia da Infância, este texto emerge com reflexões a respeito dos estudos da criança, enfocando a crescente participação das crianças nas investigações científicas, uma vez que a participação ativa delas como protagonistas  constitui-se uma tendência contemporânea que envolve novas possibilidades teórico-metodológicas e muitos desafios. Nesta perspectiva, considerando a pesquisa de abordagem qualitativa, do ponto de vista metodológico a investigação de cunho etnográfico mostra-se uma possibilidade extremamente válida no que se refere à pesquisa com crianças, permitindo que as crianças assumam o lugar de sujeitos nas investigações, sendo consideradas como atores sociais, produtores de sentido e participativos das atividades sociais nas quais estão envolvidas captando o entorno social e os contextos culturais.

Biografia do Autor

Laura Simone Marim Puerta, Secretaria Municipal de Educação - SEMED

Pedagoga, Mestre em Educação (2017), Professora  de Educação Infantil da Rede Municipal de Educação de Campo Grande, MS e Técnica da Secretaria Municipal de Educação -SEMED.

Marta Regina Brostolin, Universidade Católica Dom Bosco - UCDB

Graduação em Pedagogia(1994), Mestrado em Educação (1998), Doutorado (2005). Realizou estágio Pós-doutoral na Universidade do Minho, Braga/Portugal sob a supervisão do Profº Dr Manuel Jacinto Sarmento na especialidade de Sociologia da Infância em 2017. Atua na Universidade Católica Dom Bosco na graduação no Curso de Pedagogia e Programa de Pós-Graduação em Educação - Mestrado e Doutorado da UCDB pesquisando as temáticas: Formação de Professores; Infância e Educação Infantil e Sociologia da Infgância. É lider do GEPDI – Grupo de Estudos e Pesquisas da Docência na Infância.  

Publicado
2018-12-19
Como Citar
PUERTA, L.; BROSTOLIN, M. Pesquisa com crianças:. Quaestio - Revista de Estudos em Educação, v. 20, n. 3, p. 693-705, 19 dez. 2018.
Seção
Artigos