Evasão na Educação Superior no Brasil:

desafio à gestão acadêmica

Autores

  • Hércules Ferrari Domingues da Silva Universidade de Sorocaba - Uniso
  • Waldemar Marques Universidade de Sorocaba - Uniso

DOI:

https://doi.org/10.22483/2177-5796.2017v19n1p197-208

Resumo

Este artigo discute o fenômeno da evasão na educação superior no Brasil numa perspectiva histórica, abordando fatos relacionados ao desligamento de estudantes, desde a educação jesuítica no período colonial até os dias atuais, concluindo com um estudo de caso em uma instituição particular de ensino superior no interior paulista. Destaca a incidência com que ele ocorre num plano mais amplo, estabelece distinções quanto a instituições públicas e privadas, e como a evasão varia conforme o turno e período do curso e outras variáveis significativas. Apresenta e discute as principais razões que levam à evasão, bem como a influência da integração ao meio acadêmico na decisão de deixar os estudos. Discute as implicações da evasão para a gestão acadêmica, sugerindo linhas de ação para seu equacionamento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Waldemar Marques, Universidade de Sorocaba - Uniso

Doutor em educação

Publicado

2017-05-15

Como Citar

SILVA, H. F. D. da; MARQUES, W. Evasão na Educação Superior no Brasil:: desafio à gestão acadêmica. Quaestio - Revista de Estudos em Educação, Sorocaba, SP, v. 19, n. 1, 2017. DOI: 10.22483/2177-5796.2017v19n1p197-208. Disponível em: https://periodicos.uniso.br/quaestio/article/view/2994. Acesso em: 29 nov. 2022.

Edição

Seção

Artigos